E esta, hein? Tim Cook, diretor executivo da Apple, acredita ter descoberto um iPhone num quadro datado de 1670. O insólito aconteceu em Amesterdão por ocasião da feira de empreendedorismo Startup Fest e durante uma visita ao Rijksmuseum, acompanhado pela ex-comissária europeia Neelie Kroes.

Pormenor do objeto misterioso (HOOCH/Rijksmuseum)

De acordo com o jornal espanhol ABC, terá sido Kroes a reparar primeiro no detalhe numa das obras do pintor holandês Pieter de Hooch. Na tela é possível ver um jovem a agarrar num objeto bastante semelhante a um iPhone branco. Ora, o telemóvel só foi inventado em 2007, ao que Cook terá afirmado: “Sempre pensei que sabia quando é que [o iPhone] tinha sido inventado. Agora não tenho tanta certeza.”

Porém, a obra em questão tem como título Man Handing a Letter to a Woman in the Entrance Hall of a House — “Homem entrega uma carta a uma mulher na entrada de uma casa”, em português. Parece claro: o objeto misterioso é um simples pedaço de papel, pelo que Tim Cook acabou por admitir que tudo não passou de uma divertida coincidência.