Continuam os processos disciplinares da UEFA contra as seleções de futebol devido ao comportamento dos adeptos. Desta vez, a organização do Euro 2016 abriu um procedimento disciplinar contra Portugal devido ao adepto que invadiu o campo na noite passada, no Parque dos Príncipes, no final do jogo frente à Áustria. Também a Hungria e a Bélgica estão a ser alvo de processos disciplinares.

A informação está a ser avançada na página oficial da UEFA, que indica que foi aberto um processo disciplinar contra a Federação Portuguesa de Futebol por motivos de invasão de campo no jogo de ontem, entre Portugal e a Áustria. O processo contra Hungria deve-se ao facto de terem sido atirados objetos e ter havido distúrbios durante a partida de ontem frente à Islândia, e o caso da Bélgica é semelhante, motivado pelo comportamento indevido da claque no jogo frente à República da Irlanda, onde foram usados fumos e lançados projéteis.

Segundo a UEFA, a data para a decisão do inquérito contra a Federação Portuguesa de Futebol ainda está por confirmar.

Em causa está o facto de no sábado à noite, no final do jogo entre Portugal e Áustria, um adepto ter invadido o relvado para tirar uma selfie com Cristiano Ronaldo. Os seguranças entraram imediatamente em ação mas o capitão da seleção nacional, perante o nervosismo do fã, apelou à compreensão e deixou-se fotografar com o jovem.

https://twitter.com/BreatheSport/status/744436778380169216

Das três federações agora visadas, a Hungria é a que arrisca uma pena mais pesada. Alguns dos seus adeptos terão entrado em confronto com os seguranças e a polícia no estádio Velodrome, em Marselha, antes do início do encontro com a Islândia, tendo atirado tochas luminosas para o relvado logo após o apito final.

A abertura destes inquéritos vem juntar-se a outros abertos à Croácia e à Turquia na sexta-feira, igualmente por incidentes com os seus adeptos, tendo o organismo que rege o futebol europeu já sancionado a Rússia com a desqualificação na prova, com pena suspensa, devido aos incidentes protagonizados no jogo com a Inglaterra.