Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Já não é um sonho: Portugal disputa o lugar de melhor seleção da Europa no próximo domingo. Estamos na final do Euro 2016, graças aos golos de Cristiano Ronaldo e Nani a seguir ao intervalo. Desta vez com uma vitória conquistada nos 90 minutos.

A primeira parte quase do jogo levou muitos a antever mais um prolongamento de meia hora e, quem sabe, mais uns dolorosos penáltis. O intervalo chegou com os mesmos pontos de interrogação que no início da partida e só com mais duas exclamações: um remate perigoso de Cristiano Ronaldo à baliza adversária e uma falta na grande área por marcar a favor de Portugal.

Na segunda parte, Cristiano Ronaldo encaminhou uma bola de Raphael Guerreiro e pô-la na baliza. E protagonizou mais um momento para a História: igualou o recorde de Platini com o nono golo em fases finais de Europeus. Pouco depois, novo golo. Desta vez, Nani foi o herói.

E foi assim que Portugal chegou, pela segunda vez (a primeira jogávamos em casa), à final de um Europeu. As imagens da vitória estão na fotogaleria em cima.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR