Um homem detido durante uma altercação num supermercado no condado de Palm Beach, no Estado da Florida, no sudeste dos EUA, surpreendeu quem assistiu ao se identificar como Vladimir Putin, segundo a imprensa local.

O caso foi divulgado esta terça-feira, dia em que, segundo registo policial do condado, o homem foi libertado sob fiança, acusado de invasão de propriedade privada e resistência à autoridade.

Em 21 de agosto, o homónimo do Presidente da Federação Russa começou a gritar aos empregados de supermercado de West Palm Beach, no norte de Miami, negando-se a abandonar o lugar, até que a polícia chegou e o deteve.

Segundo a ficha policial, Vladimir Putin é um sem-abrigo de 48 anos.

Vladimir Putin está convocado para comparecer em tribunal na quinta-feira, avançaram os canais de televisão da zona.