A Citi Ventures – braço de capital de risco do banco norte-americano Citibank – anunciou esta quarta-feira que fez um “investimento estratégico” na startup portuguesa que atua na prevenção de fraude eletrónica, a Feedzai. O valor do investimento não foi revelado, mas o objetivo é o de ajudar a empresa a expandir os serviços para novas geografias.

“À medida que os ciberataques se tornam cada vez mais sofisticados, investir em tecnologias que tenham potencial para melhorar a segurança da vida financeira dos nossos consumidores torna-se uma prioridade”, afirmou Ramneek Gupta, diretor-geral de Venture Investing, na Citi Ventures, acrescentando que, com este investimento, pretende ajudar a empresa portuguesa a desenvolver “a sua plataforma única de machine learning, que permite identificar ameaças novas e emergentes e proteger os clientes dos bancos em escala”.

Referindo-se à Feedzai como “a empresa líder de data science que está a redesenhar o futuro da deteção de fraude no comércio”, a Citi Ventures explica que as soluções da Feedzai estão a evoluir no sentido de analisar elevadas quantidades de dados e reconhecer ameaças em constante evolução à medida que estas surgem, alertando e ajudando os clientes a protegerem-se da fraude em tempo real.

“Este investimento vai ajudar a Feedzai a continuar a desenvolver a próxima geração de serviços de segurança que transcendem dados e silos de negócios em todo o ecossistema de comércio”, referiu Nuno Sebastião, presidente e cofundador da Feedzai. O responsável da empreesa explicou que a Citi Ventures é uma parceira “para ajudar a desenvolver o que vemos como a nova economia do conhecimento, ajudando-nos a moldar a revolução cognitiva”.

A Feedzai analisa transações de 3 mil milhões de dólares diariamente e a taxa de crescimento anual ronda 300% desde 2013. No ano passado, a empresa faturou mais de 20 milhões de dólares (18 milhões de euros), somando 26,13 milhões de dólares (23,23 milhões de euros) em investimento de capital de risco.