Até há uns dias, Arshad Khan, de 18 anos, era só mais uma cara no meio da multidão do Itwar Bazaar, o mercado de domingo de Islamabad, capital paquistanesa. A vender chá, Arshad foi abordado por um fotógrafo que gravou a sua expressão numa fotografia. Desde então o rapaz paquistanês tornou-se uma sensação nas redes sociais. Mas isso foi apenas o início da odisseia.

A fotógrafa Jiah Ali, fotografou Khan, com os seus profundos olhos azuis e barba por fazer, enquanto vendia chá há já uns meses. No entanto, as imagens só foram publicadas nas redes sociais esta semana.

No próprio dia em que a beleza do rapaz ficou espalhada por toda a internet, este recebeu na sua banca de chá 50 clientes do sexo feminino.

As visitas foram um sinal, mas a sua beleza atingiu níveis ainda maiores de popularidade. Tão altos que até já tem uma hastag – #ChaiWala. Contactado pela Khan Samaa TV, o vendedor de chá foi questionado se gostaria de trabalhar em cinema, ao que respondeu de imediato que sim, revelando que sempre quis seguir a profissão de ator.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Filmes, pelo que se sabe ainda não há, mas Arshad foi já convidado a dar a cara para uma campanha publicitária.

E se ainda existiam dúvidas, no que diz respeito ao poder das redes sociais em mudar vidas, este caso parece dissipá-las.