803kWh poupados com a
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Caso Sporting-Arouca. Os desentendimentos entre clubes não vêm deste domingo

Este artigo tem mais de 5 anos

Os incidentes ocorreram este domingo, mas os possíveis motivos remontam há um ano. A causa recai sobre o jogador Iuri Medeiros, que deveria ser emprestado ao Arouca, mas não foi.

Agora outra voz se levanta perante esta acesa troca de palavras. Nuno Gestas, vogal do Conselho Diretivo do Sporting, afirma que a situação hostil entre as duas instituições de futebol começou há um ano
i

Agora outra voz se levanta perante esta acesa troca de palavras. Nuno Gestas, vogal do Conselho Diretivo do Sporting, afirma que a situação hostil entre as duas instituições de futebol começou há um ano

Observador

Agora outra voz se levanta perante esta acesa troca de palavras. Nuno Gestas, vogal do Conselho Diretivo do Sporting, afirma que a situação hostil entre as duas instituições de futebol começou há um ano

Observador

Este domingo os ânimos exaltaram-se no túnel de ligação aos balneários do Estádio José Alvalade, em Lisboa. Sporting e Arouca acusam-se mutuamente de insultos, provocações e até tentativas de agressão. Do lado do Arouca, o Diretor Desportivo Joel Pinho (filho do presidente do clube) afirma ter sido o presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, a agredir e insultar. Do lado do Sporting, o Diretor de Comunicação Nuno Saraiva relata uma história bem diferente: tudo terá sido causado pelo presidente do Arouca, Carlos Pinho.

Agora, outra voz se levanta perante esta acesa troca de palavras. Nuno Gestas, vogal do Conselho Diretivo do Sporting, afirma que a situação hostil entre as duas instituições começou há um ano, quando o Sporting, alegadamente, se teria comprometido a emprestar o jogador Iuri Medeiros ao Arouca. Algo que não chegou a acontecer, uma vez que o jogador, formado na Academia de Alcochete, acabou por seguir para o Moreirense.

De acordo com um post publicado na sua página oficial de Facebook, Nuno Gestas conta que depois do “caso Iuri”, a relação entre os dois clubes ficou bastante hostil. Algo que se agravou a seguir à deslocação do Sporting a Arouca na época passada. Esse jogo, também ele à 10º jornada, ficou marcado por situações polémicas, quando Lito Vidigal, treinador do Arouca, se envolveu numa acesa discussão com Naldo, jogador do Sporting na altura. Ambos, jogador e treinador, foram expulsos do relvado. A situação acabou se agravar quando Slimani marcou aos 90′ pelo Sporting.

O vogal do Conselho Diretivo leonino termina o post descrevendo a reação do presidente do Arouca à situação: “Em jeito de despedida terminou com um ‘não perdem pela demora’. Demorou 364 dias. Ele bem avisou”.

As imagens das câmaras de video-vigilância ainda não foram divulgadas, mas segundo o jornal A Bola, as imagens que gravaram os incidentes já foram entregues à PSP, que por sua vez as entregará à Liga para se poder proceder aos devidos inquéritos disciplinares.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

 
Assine o Observador a partir de 0,18€/ dia

Não é só para chegar ao fim deste artigo:

  • Leitura sem limites, em qualquer dispositivo
  • Menos publicidade
  • Desconto na Academia Observador
  • Desconto na revista best-of
  • Newsletter exclusiva
  • Conversas com jornalistas exclusivas
  • Oferta de artigos
  • Participação nos comentários

Apoie agora o jornalismo independente

Ver planos

Oferta limitada

Apoio ao cliente | Já é assinante? Faça logout e inicie sessão na conta com a qual tem uma assinatura

Há 4 anos recusámos 90.568€ em apoio do Estado.
Em 2024, ano em que celebramos 10 anos de Observador, continuamos a preferir o seu apoio.
Em novas assinaturas e donativos desde 16 de maio
Apoiar

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Para ler este artigo grátis, registe-se gratuitamente no Observador com o mesmo email com o qual recebeu esta oferta.

Caso já tenha uma conta, faça login aqui.

Há 4 anos recusámos 90.568€ em apoio do Estado.
Em 2024, ano em que celebramos 10 anos de Observador, continuamos a preferir o seu apoio.
Em novas assinaturas e donativos desde 16 de maio
Apoiar
Junte-se ao Presidente da República e às personalidades do Clube dos 52 para uma celebração do 10º aniversário do Observador.
Receba um convite para este evento exclusivo, ao assinar um ano por 99€.
Limitado aos primeiros 100 lugares
Assinar agora Ver programa