As autoridades norte-americanas anunciaram, esta terça-feira, que vão acompanhar as eleições de terça-feira em 67 distritos eleitorais de 28 dos 50 Estados do país, para garantir o livre exercício do direito de voto, particularmente das minorias.

Em comunicado, o Departamento de Justiça explicou que a Divisão de Direitos Civis vai destacar mais de 500 funcionários para aqueles 67 distritos para garantir o livre exercício do direito de voto.

Segundo o Departamento de Justiça, a Divisão dos Direitos Civis vai ser responsável por fazer cumprir as leis federais de direito de voto que protegem todos os cidadãos.

“As queixas relacionadas com violência, ameaças de violência ou intimidação num local de voto devem ser imediatamente apresentadas às autoridades policiais (…) e também denunciadas ao Departamento de Justiça”, refere, no comunicado, o Departamento de Justiça.

O Estado que terá mais distritos eleitorais com vigilância é o de Connecticut, com sete, seguido da Carolina do Norte e Florida, com cinco, e do Alasca, com quatro.