Donald Trump ainda não iniciou o seu mandato e já fez algo inédito enquanto presidente eleito dos Estados Unidos da América (EUA): ligou à presidente de Taiwan, ato que pode ser considerado uma afronta à China.

Trump falou, esta sexta-feira, por telefone com a presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen. Os dois líderes congratularam-se pelas respetivas vitórias presidenciais e que notaram a existência de “estreitos laços económicos, políticos e de segurança” entre os dois países, avança o The New York Times.

Trump é o primeiro presidente eleito dos EUA a falar com um líder de Taiwan desde 1979 — altura em que os norte-americanos estabeleceram relações diplomáticas com a República Popular da China e reconheceram que o território de Taiwan é parte integrante da China.

A China considera Taiwan uma província separatista que se recusa a relacionar com outros países e protesta pelo facto dos EUA venderem armamento a Taiwan.