268kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

Juventude Leonina vai a Alcochete "pedir satisfações" à equipa

Este artigo tem mais de 4 anos

A Juventude Leonina, maior claque do Sporting, vai marcar presença no treino da tarde desta terça-feira, em Alcochete, para pedir esclarecimentos à equipa sobre os maus resultados.

i

MIGUEL A. LOPES/LUSA

MIGUEL A. LOPES/LUSA

A Juventude Leonina, maior claque do Sporting Clube de Portugal, vai marcar presença no treino desta terça-feira à tarde em Alcochete para pedir esclarecimentos à equipa sobre os maus resultados.

“A Direção da Juventude Leonina informa que irá marcar presença na Academia do Sporting Clube de Portugal, a fim de abordar os jogadores e pedir satisfações para o atual momento da equipa”, pode ler-se no comunicado enviado às redações onde convocam a comunicação social para aparecer em Alcochete.

A reação da claque sportinguista vem a propósito do mau momento do clube. O Sporting está a oito pontos do primeiro classificado, o Sport Lisboa e Benfica, e caiu para o 4º lugar depois de ter perdido, no passado domingo em Alvalade, com o Sp. Braga.

Bruno de Carvalho volta ao ataque

Com eleições marcadas para 2017 , a derrota de domingo frente ao Braga veio agitar o ambiente eleitoral no clube de Alvalade, que tem eleições no próximo ano, tendo chegado mesmo a surgir desafiadores à reeleição de Bruno de Carvalho como presidente do Sporting. Logo na noite de domingo, pouco tempo depois de terminar a partida em Alvalade, Paulo Paiva dos Santos (fundador da farmacêutica Generis) assumiu que se candidatava à presidência do clube, no entanto, nem 24 horas tinham passado quando retirou o post do Facebook onde assumia a candidatura, confirmando depois à Antena 1 que se retirava da corrida.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Outra candidatura que tem sido falada nos últimos dias é a de Madeira Rodrigues mas ainda não há qualquer confirmação sobre a sua viabilidade — esta terça-feira o jornal Record avançou que o secretário-geral da Câmara de Comércio e Indústria estará a reunir apoios. Isto além do nome do juiz Abrantes Mendes, referido pelo próprio presidente do Sporting.

Na segunda-feira à noite, Bruno de Carvalho aproveitou para, na sua página de Facebook, fazer um balanço desta má fase que o clube vive, afirmando que compreende “toda a frustração e os pedidos para que se altere este rumo de maus resultados. Esta é uma exigência legítima que se impõe num Clube com a dimensão do Sporting Clube de Portugal.” No entanto, o presidente do clube leonino não se ficou pela compreensão e comentou, em jeito de ataque, as presumíveis candidaturas divulgadas durante o dia de segunda-feira: “Agora, pessoas que são apelidadas de carismáticas pela comunicação social e que foram pseudocandidatas, referindo-me concretamente a um tal de João Paiva dos Santos (que procura os seus minutos de fama) e a Abrantes Mendes, que moral têm para fazer proclamações e declarações públicas a criticar tudo ou a pedir explicações, quando nos últimos 4 anos, para dizer o mínimo, não estiveram em qualquer Assembleia-Geral? Será que lhes terei de fazer um desenho a explicar o que é a bipolaridade dos sportinguistas e como isso mata o Clube?”.

O Presidente dos ‘leões’ afirma ainda que terá “todo o prazer em, numa Assembleia-Geral, ser confrontado por pessoas sem medo de darem a cara e explicar tudo, ponto por ponto. E essa Assembleia-Geral até pode ser depois das derrotas, porque a minha postura e a realidade dos factos, comigo, não mudam ao sabor do momento, nem tão pouco altero o que tenho a dizer por estar a ganhar ou a perder”.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.