O gestor financeiro e multibilionário Carl Icahn foi nomeado conselheiro especial para assuntos de regulação do presidente eleito norte-americano, Donald Trump, anunciou esta quarta-feira a sua equipa de transição.

Com 80 anos, Carl Icahn é um dos investidores mais temidos em Wall Street, e tornou-se célebre por exercer pressão sobre as empresas em que detém participações – AIG, Herbalife, Apple, Netflix – para aumentar a remuneração dos acionistas.

Carl Icahn será responsável por aconselhar o futuro presidente dos Estados Unidos sobre as formas de “se livrar dos regulamentos destrutivos de postos de trabalho que impedem o crescimento económico”, adianta a equipa de transição em comunicado.

Com uma fortuna estimada em 16,5 mil milhões de dólares, Carl Icahn, licenciado em Filosofia, vem ampliar a longa lista de acionistas multimilionários nomeados por Donald Trump para formar sua equipa de governo