É preciso desfazer-se do que não lhe faz falta, se quer começar 2017 em modo clean. Como explica Marie Kondo, autora do bestseller Arrume a Sua Casa, Arrume a Sua Vida, “uma das causas da nossa frustração (e da nossa casa sempre desarrumada) não é aquilo que nos falta, é aquilo que temos a mais”. Por isso, se é dos que tem inúmeros objetos guardados só porque pensa que um dia ainda vai precisar deles, não vacile: deite-os fora ou dê-os e comece um novo capítulo com a casa em ordem. Fazê-lo vai ser meio caminho andado para se sentir mais tranquilo.

Com a ajuda do site My Domaine, o Observador recorda algumas coisas das quais pode começar já a desfazer-se.

Sacos (de Natal, das compras, de todos os tipos)

A não ser que seja seguidor do estilo de vida Desperdício Zero, não há como escapar-lhes. Quando se vai às compras, quando alguém oferece presentes, quando chegam vindos sabe-se lá de onde. Há uma facilidade enorme em acumular sacos. A verdade é que precisamos, talvez, de menos de metade. Se estão a ocupar espaço na despensa ou em gavetas, esta é a altura de separar os de plástico e os de papel e reciclá-los. Acredite, os que ficam são suficientes.

(Photo by Denis Doyle/Getty Images)

Foto: Denis Doyle/Getty Images

Talões de multibanco, comprovativos para trocas fora de prazo e afins

Estão por todo o lado: na carteira, algures num canto da cozinha, espalhados pelas caixas da sala, na mesa da entrada. Não faz sentido guardar talões de multibanco com movimentos de conta, de transferências ou compras feitas há meses. O mesmo se aplica a talões que nem para troca servem, ou papéis soltos que só serviram para apontamentos no momento. Pegue neles e, sem dó, coloque-os no ecoponto azul. Vai tirar um peso de cima.

Vector, Buy, Cashier, Flat, Illustration, Tax, Paying, Currency, Buying, Wealth, Balance, Paper, Business, Finance, Restaurant, Bill, Sign, Symbol, Receipt, Document, Total Petrol, Isolated,

Foto: Getty Images/iStockphoto

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Bilhetes de espetáculos guardados eternamente (ou não)

Sim, fazem recordar bons momentos. Contudo, quantas vezes foi procurá-los para se lembrar do filme que viu e que 0/a marcou ou da última peça de teatro a que foi com a melhor amiga? A probabilidade de alguém ter confirmado que consulta estes bilhetes várias vezes (ou duas que seja) é baixa. Estão para sempre guardados. Corte relações com eles, não vão ser precisos.

46683db97352e5dfd2e1ceb296678fda

Imagem retirada do Pinterest

A mais temida das gavetas: a gaveta “guarda tudo”

Todas as casas têm, algures, uma gaveta cujo fim é só um: guardar tudo o que não se sabe onde deve ser guardado. Moedas pretas, óculos de sol, carteiras antigas, pulseiras, pacotes de lenços, cartões de contactos e outros “objetos não identificados”. Nada falta aqui. Mas falta a coragem de quem tem de lidar com ela, para a arrumar. Força, faça-o agora, antes do ano novo começar.

Roupa e calçado que não vai voltar a usar

As justificações para não dizer adeus a casacos, camisolas, calças, botas, vestidos e saias são muitas. Há uma quantidade exagerada de roupa em quase todos os armários, masculinos ou femininos. Se só servem para ocupar espaço, não ceda a pensamentos como “este ainda me pode dar jeito para as noites de verão fresquinhas” ou “gostei tanto delas na altura”. Depois da limpeza ao armário, começar o dia e escolher o que vestir vai ser uma tarefa mais prazerosa.

Foto: Brendan Hoffman/Getty Images

Revistas antigas que não vai voltar a ler

Se se recorda de um artigo que gostou de ler e da revista em que ele foi publicado, guarde essa. Às outras 50 pode, de facto, dar outro rumo. Não vai dar pela falta delas (já não dava há muito tempo).

Foto: Martin Bureau/AFP/Getty Images

Convites para ir a algum lado (adivinhe, já foi)

Se não voltou a ir ver os bilhetes de espetáculos, acredite, os convites acabam por ter o mesmo fim: a gaveta esquecida. Guardá-los vai causar volume, não de memórias mas de tralha.

Cabides a mais

Nascem quase como cogumelos, nos guarda-roupas. De repente, há mais cabides do que roupa para lhes dar uso. Se não servem, não os deixe ficar. Ocupam espaço e interferem com o deslizar dos que estão verdadeiramente em uso.

apparel, assorted, attire, background, blouse, blouses, blue, boutique, buy, buying, closet, clothes, clothing, color, colorful, designer, fashion, fashionable, few, garb, garment, garments, hang, hanger, hangers, hanging, ladies, luxury, organize, organized, organizer, outfit, perspective, rack, red, rod, row, several, shop, shopping, store, sweater, sweaters, top, tops, upscale, various, white, woman, women,

Foto: Getty Images/iStockphoto

Blocos de notas

Se usou muitos blocos de notas e os guardou, é altura de pensar que utilidade terão para 2017. Talvez até já tenha optado por gravar as notas importantes no telefone, e mesmo que não seja assim, ter um bloco sem folhas disponíveis para escrever deixa de ser preciso.

cf9ef2e56b2fe0d7e5a19fd718a5cb59

Imagem retirada do Pinterest

Embalagens de perfumes, brinquedos, aparelhos eletrónicos…

Se estão arrumadas e já passou o tempo da garantia, vá buscá-las e recicle. Se ainda estão a servir de quase embrulho, é altura de tirar o perfume/brinquedo/aparelho eletrónico da caixa e fazer com que o espaço de ocupação diminua. Por vezes, ter demasiadas embalagens não é sinal de arrumação mas de acumulação.

Cremes e maquilhagem sem uso

Ou porque estão quase no fim, ou porque nunca mais se lembrou deles. Há uma tendência para guardar cremes e produtos de maquilhagem a meio, e a verdade é que provavelmente muitos já não estão em condições de serem usados e até podem estar fora do prazo de validade. Separe o que não usa e, já agora, faça brilhar o que optar por guardar seguindo uma destas ideias inspiradoras para arrumar a sua maquilhagem.

Foundation, Unrecognizable Person, Pastel Colored, Large Group of Objects, Group of Objects, Collection, Lip Balm, Powder Compact, Talcum Powder, Nail Polish, Beige, Make-Up Brush, Moving Activity, Palette, Animal Hair, Beauty, Eyeshadow, Lipstick, Make-up, Action, Contrasts, Transparent, White, Pink Color, Glass - Material, Wood - Material, Good Condition, Old, Modern, New, Closed, Close-up, Human Hand, Professional Occupation, Solid, Studio, Work Tool, Beauty Product, Personal Accessory, Box - Container, Bottle, Table, Isolated,

Foto: Getty Images/iStockphoto

Óculos de sol sem lentes

Gostava de os usar e continuou a guardá-los para um dia os mandar arranjar ou, simplesmente, como recordação. Se não pegar neles agora para ir pôr uma lente nova, não os guarde — vão ter o mesmo desfecho de tudo o que ficou esquecido nas gavetas.

Tupperwares sem tampa

Se anda a guardar os tupperwares sem tampa com esperança de um dia as encontrar, não continue. Há sempre pouco espaço nas prateleiras ou gavetas que guardam estes recipientes. Por isso, se não lhes consegue dar outro uso, não os guarde.

f9cb7db5251b531db849c15adba0cc57 tupperware

Imagem retirada do Pinterest

Brindes

Esta é outra tendência: guardar tudo o que são brindes. Há uma série deles que não servem, de facto, para nada. Se tem muito disto lá por casa, no escritório, na secretária, na tal gaveta “guarda tudo”, aproveite para livrar espaço, deitando alguns para o lixo.

Brincos sem par, colares sem fecho e anéis enferrujados

Guardar um brinco do par de que tanto gostava ou um colar “um dia deste vai mandar arranjar” é, novamente, um cenário recorrente. Mas se a caixa onde guarda a bijuteria já não tem espaço para um alfinete, está na altura de se desfazer deles.

6a8b9b89effe8c2f1c9e77eb65298f1d

Imagem retirada do Pinterest

Sacos com coisas para deitar fora, arrumados num canto

Em caixotes ou sacos grandes, é costume guardar coisas, muitas coisas, que se espera um dia virem a ser guardadas noutro local, doadas, terem outra vida. Contudo, acabam por ficar ali, dentro dos caixotes ou sacos grandes, encostadas a um canto. Para desocupar estes cantos, pergunte a si mesmo se o conteúdo lhe faz de facto falta ou se, estando já devidamente “encaixotados”, podem ir diretamente para o lixo.

Web Page, Mail, Residential Building, Picture Frame, Vector, Relocation, Shipping, Freight Transportation, Storage Compartment, Illustration, Delivering, Distribution Warehouse, Packaging, Fragile, Paintings, Frame, Packing, Computer Icon, Backgrounds, Action, Surprise, Fragility, Sphere, White, Cardboard, Paper, Open, Empty, Transportation, Indoors, Tree, Gift, Package, House, Home Interior, Office Interior, Store, Mansion, Symbol, Cargo Container, Document, Internet, Design, Carton, Box - Container, Container, Open Box, Case, Isolated, Moving Service,

Foto: Getty Images/iStockphoto

Materiais de hobbies que foram sol de pouca dura

Se não vai voltar a pegar nos pincéis, se tem as missangas dos colares que imaginou fazer um dia arrumadas, se tem livros de mandalas por acabar ou se já os acabou e estão encostados, saiba que esta pode ser a altura de fazer a limpeza merecida. Pense em novos hobbies, estes já foram.

Menus de refeições home delivery

Alguns deles podem até já estar desatualizados. Não faz sentido. Dê uma vista de olhos no que tem, fique com os essenciais e desfaça-se do resto.

cee7613c5fe58752e8eb4a10e05d37f4

Imagem retirada do Pinterest

Móveis que não deitou fora porque ia reciclar. Ia…

Se não foram transformados até agora, o melhor é dar-lhes outro fim. Imagina o espaço que fica a ganhar quando o fizer?

e24de3e68ccf482e39c0279f7f7e8201

Imagem retirada do Pinterest

Velas que já arderam quase tudo o que tinham para arder

E que estão esquecidas numa das divisões da casa também não fazem falta.

Alcohol, Arranging, Burning, Candle, Candlestick Holder, Celebration, Christmas, Christmas Decoration, Close-up, Coffee, Comfortable, Cup, Decor, Decoration, Dinner, Domestic Life, Domestic Room, Drink, Elegance, Fashionable, Fire, Flame, Glass, Gold, Group of Objects, Holiday, Home Interior, Indoors, Inferno, Lamp, Light, Lighting Equipment, Living Room, Party, Plate, Rustic, Sconce, Shiny, Space, Table, Tea, Wedding, Winter, Wood, Yellow,

Foto: Getty Images/iStockphoto