O português que fotografa casas "solitárias"

Chama-se Manuel Pita, é cientista de profissão, mas quando tem uma câmara na mão assume o alter-ego de Sejkko. Capta essencialmente casas "solitárias", na sua maioria portuguesas.

i

As casas "solitárias" são já quase como uma imagem de marca do fotógrafo Sejkko

DR. Instagram Sejkko

As casas "solitárias" são já quase como uma imagem de marca do fotógrafo Sejkko

DR. Instagram Sejkko

Chama-se Manuel Pita, é cientista de profissão, mas quando tem uma câmara na mão assume o alter-ego de Sejkko. Capta essencialmente paisagens e as já famosas casas “solitárias”, na sua maioria portuguesas.

O The Telegraph apelida as fotografias como “incrivelmente bonitas”. Apesar de a Ilha da Madeira ser objeto de inspiração para o cientista e fotógrafo Manuel Pita, as fotografias cheias de cor e vida são tiradas um pouco por todo o mundo. No entanto as casas e as paisagens que se avistam por terras portuguesas são as que Sejkko mais fotografa.

Manuel Pita é português, mas foi na Venezuela que cresceu, segundo conta no seu site oficial. A ilha da Madeira era o local onde passava férias, em família, e foi na ilha portuguesa que o gosto pela fotografia cresceu. Apenas precisou de um iPhone e de inspiração para captar os detalhes e recantos do arquipélago. A partir daí começou a elaborar um portefólio nas redes sociais, nomeadamente no Instagram, onde soma já milhares de seguidores e likes.

Os temas fotografados por Sejkko são a natureza, como a praia e as “casas solitárias”, que são o seu principal e mais famoso material de fotografia. O céu azul celeste com pequenas e suaves nuvens são sempre o cenário ‘usado’. “Tenho explorado a fotografia de forma mais séria, bem como a sofisticada caixa de ferramentas de edição digital”, contou o fotografo português ao jornal britânico.

Apesar de a fotografia se ter tornado algo sério na sua vida, Manuel continua a ser cientista a tempo inteiro. A sua área de trabalho é a inteligência artificial e conjuga o seu dia-a-dia com as fotografias do alter-ego Sejkko. Aliás, acredita que ambas as coisas devem andar lado a lado. Existe “um divórcio desnecessário entre Natureza e tecnologia”, afirmou durante uma reportagem que promoveu a sua exposição no centro comercial Colombo o ano passado.

Reunimos algumas das fotografias que Sejkko vai postando no Instagram. Prepare-se porque quer sejam paisagens, quer sejam as famosas casas “solitárias”, as imagens prometem inspirar.

Onde tudo começou: na lha da Madeira

At home in the universe ???????????? . #sejkko_lonelyhouses

Uma foto publicada por Manuel Pita (@sejkko) a

No continente, concretamente em Sesimbra:

Not shaking in strong winds ✨ . . #sejkko_lonelyhouses

Uma foto publicada por Manuel Pita (@sejkko) a

The new house of vintage Portuguese video games ???????????? . . #sejkko_lonelyhouses

Uma foto publicada por Manuel Pita (@sejkko) a

Nature wins in the end ✨ . #tbt for #sejkko_lonelyhouses ????

Uma foto publicada por Manuel Pita (@sejkko) a

Por Aveiro:

A norte de Portugal, em Ponte da Barca:

The pure ones, thrive beyond the end ☄️ . . #sejkko_lonelyhouses

Uma foto publicada por Manuel Pita (@sejkko) a

A natureza também é motivo de disparo de câmara para Sejkko. O mar é a personagem principal na maioria das fotografias do género.

The cosmos is watching ???? . .

Uma foto publicada por Manuel Pita (@sejkko) a

Amberine ✨ . . .

Uma foto publicada por Manuel Pita (@sejkko) a

Recomendamos

Populares

Últimas

A página está a demorar muito tempo.