Vestidos floridos, silhuetas fluidas e transparências q.b. foram os grandes vencedores da passadeira vermelha invernosa dos Screen Actors Guild (SAG) Awards. A cerimónia anual realizou-se este domingo no Shrine Auditorium, em Los Angeles, e aumentou a expetativa para a corrida aos Óscares que culmina a 26 de fevereiro na 89ª edição dos prémios da Academia. Nomes mediáticos como Emma Stone, Claire Foy e Gina Rodriguez renderam-se às coleções de primavera e trouxeram as flores de volta à red carpet. Se dúvidas houvesse, as atrizes Kate Hudson, Cara Buono, Salma Hayek e Naomi Harris floresceram com pequenos pormenores, bordados e acessórios da mesma tendência. Dos vestidos aos fatos, até o ator James Marsden da série Westworld escolheu usar uma flor vermelha na lapela do casaco e saiu-se bem.

À moda eterna das flores que, mesmo sem desaparecerem, assumem novas formas, juntam-se coordenados em preto e branco — o exemplo de elegância e sobriedade na primeira pessoa. São eles o Valentino decorado de andorinhas de Meryl Streep, o Vivienne Westwood provocante de Viola Davis e o Chanel de Janelle Monae. Ainda nos mais elogiados, o vestido de lantejoulas e franjas de Nicole Kidman foi um dos looks mais dramáticos da noite mas reza que Michelle Williams foi a grande vencedora, cortesia do brilhante Louis Vuitton desenhado à sua medida — escreve a Vogue.

Na lista das surpresas, a atriz Millie Bobby Brown de 12 anos roubou as atenções num personalizado vestido vermelho assinado pela marca Emporio Armani. Já o Schiaparelli repleto de aplicações e pedraria de Thandie Newton chegou diretamente da semana de moda de alta-costura de Paris para trazer “uma lufada de ar fresco”, diz a revista de moda norte-americana, à Guilda de Atores dos EUA. Em fotogaleria, comprove os vestidos (e fatos) da passadeira vermelha da 23ª edição da entrega dos prémios.