João Lourenço, vice-presidente do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) e cabeça de lista do partido para as eleições gerais angolanas, vai participar este sábado no primeiro comício de pré-campanha na cidade de Lubango, capital da província de Huíla. A seguir a Luanda, Huíla é o segundo maior círculo eleitoral do país.

O MPLA, no poder desde 1975, informou recentemente que a campanha eleitoral para as próximas eleições será inteiramente conduzida por João Lourenço, que encabeça as listas do partido. Os restantes partidos com assento parlamentar ainda não oficializaram as suas listas de candidatos. O líder do MPLA e chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, instruiu este mês o partido à “grande divulgação” pelo povo da “cara” do candidato a Presidente da República nas eleições gerais deste ano.

Presidente de Angola desde 1979, José Eduardo dos Santos anunciou há um ano que deixaria a vida política em 2018. Apesar de ter sido reconduzido para novo mandato na liderança do partido no congresso de agosto passado, não irá integrar as listas candidatas do partido às próximas eleições gerais.

Segundo a Constituição angolana, o Presidente da República é o cabeça-de-lista do partido mais votado nas eleições gerais no círculo nacional.