Angelina Jolie mostrou aos filhos como se cozinham tarântulas e escorpiões, durante a sua estadia no Camboja. As seis crianças não só observaram como também ajudaram a cozinhar os insetos, comendo-os de seguida. O objetivo foi mostrar o valor nutritivo dos animais.

Na reportagem exclusiva para a BBC, a atriz explica, enquanto prepara os animais, que os habitantes do Camboja cozinhavam estes insetos durante os anos 60 e 70, durante a guerra civil, como forma de sobrevivência. Um dos filhos adotivos de Jolie, Maddox, é cambodjano.

https://www.youtube.com/watch?v=vV7OAxFa1no

Angelina Jolie encontra-se no país asiático para promover o seu novo filme “Primeiro mataram o meu pai”, que aborda a vida de uma ativista dos direitos humanos do Camboja, Loung Ung.

Foi também nesta entrevista que a atriz falou, pela primeira vez, sobre o divórcio com Brad Pitt, afirmando que embora vivam tempos difíceis, o ex-casal será sempre uma família.

Angelina Jolie falou pela primeira vez sobre o divórcio com Brad Pitt. E chorou

Mas cozinhas insetos não é nenhuma estranheza. Nem mesmo na Europa. Há uma empresa belga que apresenta ‘snacks’ feitos com insectos em embalagens que convidam ao glamour e ao luxo. A ideia da SexyFood não é vender um produto, mas uma experiência.

E se comer insetos for um conceito sexy?

Há um ano, a Organização Mundial de Saúde recomendou mesmo o consumo de insectos: são nutritivos e podem ajudar no combate à fome mundial.