288kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

Rod Stewart simula decapitação do Estado Islâmico no Instagram

Este artigo tem mais de 4 anos

A mulher de Rod Stewart publicou um vídeo nas redes sociais em que o cantor aparece a imitar uma decapitação do Estado Islâmico com amigos. O vídeo foi entretanto eliminado. E o cantor pediu desculpa.

A mulher do cantor britânico Rod Stewart publicou um vídeo onde o casal e amigos simulam uma execução do Estado Islâmico numa duna no deserto de Abu Dhabi. No vídeo, o autor de “The First Cut Is The Deepest” aparece a fingir que corta o pescoço a um dos seus amigos, que está ajoelhado na areia. Os restantes membros do grupo aparecem alinhados atrás dele e, a seguir, começam a rebolar pelas dunas e a brincar na areia.

Os internautas não reagiram bem ao vídeo, que entretanto foi apagado da conta de Instagram de Penny Lancaster. Rod Stewart já veio pedir desculpa e explicar que aquela era apenas uma “travessura” antes do concerto que deu numa arena da capital dos Emirados Árabes Unidos. Ao Independent, o artista justificou-se com um comunicado: “Estávamos a imitar o sucesso dos Beatles, Abbey Road, e a cruzar isso com a série Guerra dos Tronos como uma travessura antes do espetáculo. Compreensivelmente, isso foi mal interpretado, por isso envio as minhas mais profundas desculpas para quem se sentiu ofendido”.

Este pedido de desculpas surge depois de Rod Stewart ter sido chamado de “profundamente estúpido” e “sem noção” nas redes sociais, onde foi especialmente atacado através do Twitter.

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.