Um buraco de grandes dimensões está a cortar o trânsito na entrada do Eixo Norte-Sul pela avenida de Ceuta. A autêntica cratera que se criou pouco depois das 15 horas terá, além de uma largura assinalável, de quatro a cinco metros, uma profundidade até dez metros.

A Proteção Civil juntou-se entretanto no local às equipas da PSP e dos bombeiros. Numa primeira análise, a hipótese de relacionamento com o caneiro de Alcântara foi refutada. Assim, o buraco no pavimento poderá estar relacionado com o desgaste provocado pelos lençóis freáticos.

“Recebemos uma chamada e acionámos desde logo todos os meios. Não registámos qualquer dano físico ou material, verificando-se apenas o abatimento de terra. Foi criado um perímetro de segurança por causa da trepidação porque, nesta altura, a prioridade é a segurança do espaço. Nesta fase seguinte, as equipas técnicas do município irão avaliar a situação para devolver tudo à normalidade. Isto pode acontecer em qualquer parte do mundo”, esclareceu Carlos Castro, vereador da segurança da Câmara Municipal de Lisboa, às televisões já presentes no local.

De acordo com as últimas informações, a zona afetada estará encerrada pelo menos até quarta-feira.