O objetivo é vencer as eleições de outubro. Se isso não acontecer, só quer chegar ao fim da corrida com motivos de “orgulho” na campanha que fez. Mas garante que, mesmo com a derrota, a liderança do PSD não vai sofrer qualquer abanão. Concede que Fernando Medina conseguiu tornar a capital “mais bonita”, sublinhando que o preço a pagar — mais trânsito na cidade — foi caro demais. Foi apresentada como candidata depois de muitos nomes terem sido falados publicamente. “Especulação”, garante. A entrevista de quase uma hora está também aqui, reunida em 26 tweets.

Sobre as expetativas para a candidatura à Câmara Municipal de Lisboa

Sobre a leitura do resultado nas eleições autárquicas

Sobre o processo de escolha de candidato do PSD

Sobre a ausência, enquanto vereadora, nas reuniões de câmara

Sobre o projeto que tem para a capital

Sobre o trabalho de Fernando Medina na câmara de Lisboa