Apresentada aquela que passará a ser a nova submarca para o automóvel eléctrico na Mercedes, denominada EQ, o grupo automóvel alemão começa a definir estratégias com vista à implementação desta nova vertente de negócio. A começar por uma forte ofensiva de produto que deverá passar pelo lançamento de mais de 10 novos modelos eléctricos, até 2022. Decisão que antecipa em três anos o deadline inicialmente anunciado.

Recorde-se que a primeira destas 10 novas propostas eléctricas foi já apresentada, no Salão Automóvel de Paris de 2016, embora ainda enquanto protótipo, com o nome de Generation EQ Concept. Basicamente, uma espécie de SUV futurista, que também antecipa toda uma nova gama de modelos, composta igualmente de sedans e compactos.

O anúncio da Daimler relativamente à estratégia para a nova submarca eléctrica acontece numa altura em que o grupo automóvel alemão espera, para o primeiro quarto do ano, um novo recorde nas vendas mundiais. “A tendência positiva nas vendas do grupo continua em Março”, anunciou já, num comunicado, o fabricante. De resto, o grupo também já reafirmou os objectivos de vendas para o ano de 2017, assim como os ganhos inicialmente estipulados.