Marco Gonçalves, jogador do Canelas 2010 que agrediu o árbitro no jogo com o Rio Tinto, da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP), foi alvo de um processo disciplinar e suspensão preventiva.

A AFP divulgou esta segunda-feira a punição aplicada ao jogador do Canelas, na sequência da agressão ao árbitro José Rodrigues, uma decisão que havia sido tomada na passada quinta-feira, aquando da reunião do conselho de disciplina do mesmo organismo. O clube gaiense irá também ser alvo de um processo disciplinar relativamente ao sucedido no jogo com o Rio Tinto, realizado a 02 de abril.

Marco Gonçalves foi, entretanto, constituído arguido pelo Ministério Público, com termo de identidade e residência, tendo as medidas de coação sido agravadas posteriormente pelo Tribunal de Instrução Criminal (TIC) com o impedimento de entrar em recintos desportivos e de contactar árbitros. Depois do sucedido, os dirigentes do Canelas 2010 garantiram que o jogador não volta a representar as cores do clube.