O espanhol Kilian Jornet escalou o Monte Evereste, a montanha mais alta do mundo, em tempo recorde e numa só tentativa. A jornada, iniciada no sábado, foi feita sem ajuda de oxigénio artificial ou cordas de apoio.

Apenas 26 horas bastaram para que um dos mais famosos alpinistas escalasse os 8.848 metros do Monte Evereste. Killian Jornet iniciou a subida pelo lado tibetano, que teve como ponto de partida o Mosteiro de Rongbuk (a 5.100 metros de altura). Saiu por volta das 22h (hora local) do dia 20 de maio, sendo que à 00h15 do dia 22 já estava de volta à base do acampamento, onde confirmou o feito.

A jornada foi acompanha por Sebastian Montaz, mas este acabou por desistir por não conseguir acompanhar o ritmo do espanhol. A reta final foi importunada por algumas questões de saúde.

Antes de chegar aos 7,700 metros sentia-me bem e estava a seguir o plano, mas depois comecei a ter problemas de estômago e decidi andar mais devegar para recuparar. Ainda assim, consegui chegar ao topo à meia noite”, relatou o alpinista no seu site.

Parte integrante do seu projeto “Summits of My Life“, Kilian Jornet pretendia subir a montanha em tempo recorde e numa só tentativa.

Nos últimos seis anos o alpinista tem viajado por todo o mundo. Monte de Kilimanjaro, Montanha de Aconcagua e Montanha de Denali fazem parte da lista dos seus recordes pessoais.