Rádio Observador

Passadeira Vermelha

Festival de Cannes. Dress code, qual dress code?

A par dos longos vestidos e diamantes, a 70ª edição do festival de Cannes quebrou as rigorosas regras da passadeira vermelha com casacos de cabedal, ténis, tops curtos e até calças de ganga.

A passadeira vermelha da 70ª edição do festival de Cannes, que decorreu de 17 de maio a 28 de maio, encheu-se de longos vestidos imaculados mas também abriu portas a coordenados rebeldes que quebraram o rigoroso (mas não escrito) dress code do festival de cinema. Enquanto Elle Fanning e Jessica Chastain deslumbraram num detalhado Vivienne Westwood Couture e Alexander McQueen, respetivamente, a veterana Vanessa Redgrave calçou uns ténis Converse contra todas as regras de vestuário. Já em 2016, Julia Roberts entrou descalça na passadeira vermelha de Cannes como uma forma de protesto e numa referência às várias atrizes que, até à data, foram proibidas de entrar no evento porque deixaram os sapatos de salto alto em casa.

Julia Roberts entrou descalça na passadeira vermelha do Festival de Cannes em 2016. Fê-lo em protesto: em 2015, várias atrizes foram proibidas de entrar no evento porque calçaram sapatos com salto raso para a ocasião. (Foto: Getty Images)

Em 2017, Kristen Stewart juntou-se à causa com um modelo cinza de suspensórios, assinado por Chanel, e um top justo e curto. “Claro que existe um dress code específico. Eles ficam muito irritados se não usarmos saltos, mas sinto que não podem exigir isso. Se não exigem que os homens usem salto e vestido, não podem exigir isso de mim”, disse a atriz em entrevista ao The Holywood Reporter.

A par do protesto #flatgate, o dress code não oficial da cerimónia incentiva que as mulheres usem vestidos longos em vez de calças ou peças provocadoras. Dois requisitos que Kendall Jenner decidiu ignorar na passadeira vermelha da festa “Fashion For Relief”. A modelo optou por uns calções de ganga e um top curto, assinado por Alexandre Vauthier, para romper com as escolhas tradicionais. Mas não foi a única: a atriz Uma Thurman seguiu o mesmo exemplo e trouxe um casaco de cabedal para a passadeira vermelha, enquanto a atriz francesa Marion Cotillard usou umas calças de ganga na apresentação do filme Ismael’s Ghosts (Les Fantomes d’Ismael).

Em fotogaleria, reunimos as escolhas que romperam com o dress code da passadeira vermelha mais elegante do mundo.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros de órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)