Depois do anúncio recente de que pretende lançar no mercado mais dois veículos eléctricos, o primeiro dos quais já em 2018, a Honda acaba de dar mais um passo nesse sentido, com a celebração de uma parceria com a também japonesa Hitachi, através da constituição de uma terceira empresa. A qual será responsável não apenas pelo desenvolvimento e produção de novos motores eléctricos, mas também pela sua venda a potenciais interessados.

A notícia é avançada pelo britânico Auto Express, recordando que as negociações tiveram início em Fevereiro e acabaram por resultar num entendimento em Março. Sendo que a Honda Motor Company e a Hitachi Ltd. anunciam agora a oficialização de uma nova empresa, denominada Hitachi Automotive Motor Systems Limited.

Localizada em Hitachinaka-shi, precisamente nas instalações da Hitachi Automotive Systems, esta nova companhia será detida em 51% pela Hitachi e em 49% pela Honda. Com ambas as partes a assumirem um investimento na ordem dos 38,7 milhões de euros, cada.

Este não é, no entanto, o primeiro investimento da Honda nos sistemas de propulsão alternativa desenvolvidos em conjunto com outras companhias. Já no início deste ano, o fabricante automóvel de Minato, Tóquio, anunciou um acordo com a norte-americana General Motors, para a constituição da Fuel Cell System Manufacturing LLC – joint-venture em que o construtor nipónico investiu um montante semelhante, com o objectivo de desenvolver e construir, até 2020, um novo sistema de propulsão a células de hidrogénio.

Já quanto à parceria agora formalizada, nenhuma das partes quis fixar qualquer data para a apresentação dos novos motores eléctricos que a Hitachi Automotive Motor Systems Limited tem por missão desenvolver e produzir. Afirmaram apenas que a nova empresa procurará “responder ao aumento da procura global, entre os construtores automóveis, por este tipo de motores, combinando o conhecimento já amealhado pelas duas companhias” que fundaram a Hitachi Automotive Motor Systems Limited.