São temperaturas “perfeitamente naturais nesta altura do ano”, assegura ao Observador Vânia Lopes, do Gabinete de Comunicação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera. Ainda assim, o aviso é o de que nos próximos dias a temperatura vai melhorar gradualmente e a meio da próxima semana algumas regiões podem chegar aos 40 graus.

A subida generalizada vai acontecer já a partir de amanhã [sábado], mas vai notar-se mais a partir do fim de semana e no início da próxima semana. Esta sexta-feira alguns distritos do interior já notaram mesmo uma subida nas temperaturas mínimas.

Que regiões são essas?

A partir de quarta-feira, alguns distritos do Alentejo podem chegar aos 39/40 graus. “[A temperatura] Começa a subir na terça-feira e a tendência é para se manter”. O pico deve acontecer a meio da semana, garante ao Observador Bruno Café, também do IPMA.

Ainda assim, não é caso que leve o Instituto a emitir um aviso, isto porque, além de “ainda faltarem alguns dias”, os avisos só são declarados se temperaturas superiores ao “normal” persistirem por mais de 48 horas.

A instabilidade dos últimos dias

“Temos tido uma depressão de altitude que deu efetivamente origem a mau tempo em Espanha e no norte do país”, explica ainda Vânia Lopes sobre a chuva dos últimos dias. Para esta sexta-feira ainda estão previstos aguaceiros acompanhados de granizo e trovoada para alguns distritos. “Não será uma coisa generalizada, mas podem acontecer situações pontualmente”, refere Bruno Café.

Para sábado, esta instabilidade ainda pode ter alguma influência em algumas regiões, mas no domingo já não se prevê este tipo de precipitação”, disse.

“No fim-de-semana ainda vamos ter períodos de céu nublado no norte e centro”, principalmente no meio e final da manhã, tal como a possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca no litoral a norte do Cabo Carvoeiro. Nestas regiões prevê-se também uma intensificação das rajadas de vento, que podem ir até aos 60 quilómetros.

Esta sexta-feira o IPMA colocou cinco distritos de Portugal continental sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros.

Cinco distritos do continente sob aviso amarelo devido à chuva