O tenista checo Tomas Berdych, 15.º do ranking mundial, apurou-se esta quarta-feira para as meias-finais do torneio londrino de Wimbledon, ao beneficiar da desistência por lesão do sérvio Novak Djokovic, quarto da hierarquia.

No momento do abandono de Djokovic, Berdych liderava a partida com um set de vantagem, venceu o primeiro parcial por 7-6 (7-1), e com 2-0 no segundo, altura em que o sérvio, que já vinha apresentando queixas no ombro direito, abandonou.

Nas meias-finais, Berdych vai medir forças com o vencedor do encontro entre o suíço Roger Federer, quinto do mundo, e o canadiano Milos Raonic, sexto.