Infiniti

E se o rival da Tesla for obra de um estudante?

Numa altura em que a Tesla é a referência, também a Infiniti pode vir a concorrer à liderança do carro eléctrico. Duvida? Basta ver o (possível) Infiniti EV, proposto por um estudante de design.

Autor
  • Francisco António

Marca de luxo da nipónica Nissan, a Infiniti pode vir a fazer parte do lote dos mais fortes concorrentes à disputa da liderança no domínio do veículo eléctrico, caso venha a adoptar o estudo elaborado por um estudante de design, baseado em Itália, de nome Navneeth Kannan. Que, partindo da pergunta “qual o aspecto que um Infiniti eléctrico poderia ter?”, deu a conhecer uma obra de arte – assim a marca de luxo a queira adoptar.

Numa altura em que a casa-mãe Nissan está já preparar o lançamento do novo e melhorado Nissan Leaf, evento agendado para 5 de Setembro, em Tóquio, a Infiniti pode vir a beneficiar dessa mesma evolução na tecnologia, juntando-lhe uma estética marcante – pelo menos, a fazer fé nos desenhos de Kannan, que dão a conhecer uma variante eléctrica do já conhecido modelo Q50, capaz de rivalizar em estilo, sex-appeal e arrebatamento com qualquer Tesla.

Segundo o seu criador, que aponta como meta para a passagem à produção o ano de 2025, este Infiniti Q50 EV é uma proposta “orientada para o condutor”, além de uma “reinterpretação daquilo que é o rosto de um veículo eléctrico”. Estando, nas suas linhas – que não escondem as semelhanças com o actual Q50, assim como com o concept Essence desvendado em 2009, e até mesmo com o Leaf derivado do protótipo LE de 2012 – muito perto daquilo que poderá ser o veículo de produção.

Já no interior, tanto as imagens divulgadas como o vídeo mostram um habitáculo claramente construído em função do condutor, ao mesmo tempo que um banco do passageiro, passível de ser direccionado para atrás, na direcção dos ocupantes traseiros, adiciona conforto e funcionalidade ao ambiente. Não faltando sequer um revestimento quase total em pele, assim como vários ecrãs digitais, a projectarem o carro para o futuro. Com o automóvel a possuir, inclusivamente, algumas tecnologias de condução autónoma.

Embora o designer não avance quaisquer dados sobre a autonomia ou performances deste possível Infiniti Q50 EV, o facto de o futuro Nissan Leaf anunciar uma autonomia na ordem dos 547 km, permite sonhar para o EV da Inifiniti números, pelo menos, na mesma ordem de grandeza.

Os próximos tempos dirão se o desafio lançado por Navneeth Kannan terá ou não resposta por parte da marca de luxo da Nissan…

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eleições Espanha 2015

Nem tudo vale na política

Dantas Rodrigues

Oportunismos como o da candidatura de Manuel Valls em Barcelona é que degradam a imagem da política e alimentam a propagação de partidos populistas sejam eles de extrema-direita ou de extrema-esquerda

Igreja Católica

Tríptico europeu /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

A Europa do terceiro milénio, perdida a sua identidade cristã, que era a razão de ser da sua unidade e grandeza, é um continente à deriva.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)