Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

James Bond é um homem de muitos mistérios. Por isso talvez não seja surpreendente ainda não se conhecer o ator que assumirá esta personagem no próximo filme do agente secreto. Mas já se sabe quando haverá um novo 007: a empresa cinematográfica Eon Productions, que produz a saga, e a Metro Goldwyn Mayer, a proprietários dos direitos de Bond, disseram na passada terça-feira, que será lançado em novembro de 2019.

Apesar de muito se especular que será Daniel Craig a interpretar a personagem, ainda não há certezas. O New York Times cita duas fontes anónimas que afirmam que Craig, que já tinha apareceu em quatro filmes do 007, vai voltar para o 25.º filme da saga.

Resta saber como terão convencido o actor, uma vez que depois de filmar o último filme da saga, o ator afirmou “preferir partir um copo e cortar os pulsos” do que filmar um outro filme do 007.

Se eu fizesse um outro filme de Bond, seria só pelo dinheiro”, afirmou Craig citado pelo The Telegraph.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Daniel Craig terá 51 anos de idade quando o filme for lançado, e ainda assim será mais novo do que Roger Moore e Sean Connery que tinha 57 e 53 anos, respetivamente, quando filmaram as suas últimas participações enquanto 007.

A Eon e a MGM não confirmaram nenhum elemento do elenco ou de quem irá ser o diretor. Há rumores que apontam que será Christopher Nolan a ocupar a cadeira de diretor.

O novo filme será conhecido como “Bond 25” e será escrito por Neal Purvis e Robert Wade, que trabalharam nos últimos seis filmes.

O último Bond, Spectre, foi lançado em 2015.