Cada vez mais conectados com o mundo em redor, começam a ser poucas as coisas que os automóveis não podem fazer, em prol do condutor. Inclusivamente, e segundo revela agora a Jaguar Land Rover (JLR), avançar com previsões meteorológicas para o trajecto que nos preparamos para realizar. E tudo graças, mais uma vez, à conectividade…

Conforme recorda o fabricante britânico, as previsões meteorológicas que hoje em dia recebemos resultam, basicamente, da compilação de vários dados, provenientes de satélites, sondas, estações meteorológicas terrestres, etc. Estas últimas, sim, o elemento mais importante, já que recolhem dados fundamentais, como a temperatura, pressão ou humidade, a partir dos quais são elaboradas as previsões.

Mas, e se esse papel fosse levado a cabo por uma rede de veículos permanentemente conectados, que pudessem funcionar como potenciais estações meteorológicas? E se esses mesmos dados fossem, depois, enviados para um sistema central, não apenas suficientemente poderoso para processar toda a informação, mas também inteligente o bastante para, aprendendo com a experiência e erros passados, avançar com as suas previsões, de acordo com certos parâmetros? É precisamente esta a ideia que a JLR acaba de patentear.

O britânico Daily Mail avança que o fabricante estará já a trabalhar neste projecto, procurando fazer dos seus automóveis autênticas estações meteorológicas móveis, capazes de recolher milhões de dados por segundo, processá-los de imediato e, assim, obter uma previsão muito mais precisa das condições meteorológicas que se avizinham. Não apenas no local onde nos encontramos, mas também na estrada que temos pela frente.

Uma vez na posse desta informação, a JLR pretende que os seus automóveis passem a conseguir adaptar-se, eles próprios, às condições do tempo. Seja accionando o limpa pára-brisas, seja ajustando a velocidade do mesmo às condições que estão no exterior ou, por exemplo, regulando automaticamente a temperatura no interior do habitáculo e a intensidade do ar condicionado. Fechando o tecto de abrir antes de começar a chover, ou ajustando o controlo de tracção antes de a estrada começar a ficar alagada.

No mínimo, interessante. Resta agora esperar para saber quando, e em que modelos, poderá vir a ser estreada mais esta tecnologia…