‘Obrigado, mas não obrigado’. Donald Trump diz que recusou a oportunidade de ser (“PROVAVELMENTE”) Personalidade do Ano da TIME pela segunda vez consecutiva, porque teria de concordar em dar uma entrevista e fazer uma sessão fotográfica. Segundo o presidente dos Estados Unidos, a revista contactou-o para o informar da possibilidade, à qual terá posto logo termo: “Disse que provavelmente não dá e passei. Obrigado na mesma!”

Trump foi considerado ‘Personalidade do Ano’ pela revista norte-americana no ano passado, nomeação que dividiu opiniões e gerou alguma controvérsia: é que o M de TIME parecia estar estrategicamente posicionado acima da cabeça do presidente dos EUA.

Apesar de alegadamente ter recusado a possibilidade de ser novamente distinguido pela revista, Trump aparenta ter um gosto particular pela publicação: o 45º Presidente dos EUA afixou uma revista em que é capa num dos seus clubes de golfe. Contudo, a revista era falsa — e a TIME pediu para ele a remover.

Apesar das declarações do presidente Trump, há quem diga que a suposta possibilidade nunca o foi verdadeiramente. Richard Stengel, antigo editor da TIME, afirma que “PROVAVELMENTE” significa que Trump não vai ser ‘Person of the Year’. “Eles só queriam uma sessão fotográfica”, tweetou.

Revista Time pede a remoção de capas falsas com Trump