NATO

Ataques de sábado reduzirão possibilidade de novos ataques químicos na Síria

Secretário-geral da NATO, que se encontra na Turquia, disse esta segunda-feira que o ataque de EUA, Reino Unido e França foi uma "mensagem clara" para Assad, a Rússia e o Irão.

JULIEN WARNAND/EPA

Autor
  • Agência Lusa

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse esta segunda-feira que os ataques de sábado dos Estados Unidos, Reino Unido e França contra alvos na Síria reduzirão a capacidade do Governo de Bashar al-Assad de realizar novos ataques químicos.

Numa entrevista à televisão turca NTV, Stoltenberg afirmou também que o ataque conjunto foi uma “mensagem clara” para Assad, a Rússia e o Irão (seus aliados) de que a utilização de armas químicas não é aceitável e de que os aliados não ficarão de “braços cruzados”.

Washington, Paris e Londres realizaram na madrugada de sábado três ataques, com uma centena de mísseis, contra alvos associados à produção de armamento químico na Síria, em resposta a um alegado ataque com armas químicas na cidade de Douma, Ghouta Oriental, por parte do Governo de Bashar al-Assad.

O responsável da Aliança Atlântica, que está na Turquia para contactos, entre outros com o Presidente Recep Tayyip Erdogan, saudou o “apoio que a Turquia deu à operação”. De acordo com os comunicados oficiais, a visita de Stoltenberg insere-se nos preparativos para a cimeira da NATO em Bruxelas, em julho.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Mar

Cegueira estratégica lesa-pátria

Gonçalo Magalhães Collaço

Afirmar Portugal Nação Marítima reflecte e significa, antes de mais e acima de tudo, reconhecer a sua essência como Nação Atlântica. A inconsciência política disto é cegueira estratégica lesa-pátria.

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site