SUV de todos os feitios para todos os gostos. Parece ser esta a máxima da Volkswagen que, depois de ter entrado mais tarde que alguns concorrentes no mercado dos SUV, é hoje uma das marcas que oferece maiores possibilidades de escolha a quem prefere este tipo de veículos. Depois de recentemente ter dado a conhecer a nova geração do Touareg, o maior dos seus SUV, e sabendo-se que está a caminho o mais pequeno crossover com base no Polo, o T-Cross, eis que agora a AutoPlus avança com a informação de que em preparação está também uma declinação coupé do Tiguan, cuja revelação é expectável algures durante o segundo semestre deste ano.

Os franceses admitem a possibilidade desta nova variante vir a ser desvendada na próxima edição do Salão de Paris, que terá lugar entre os dias 4 e 14 de Outubro. Mas, ao que o Observador apurou, será pouco provável que tal aconteça no certame francês.

Certo parece ser que a família Tiguan vai continuar a crescer, uma vez que depois da versão standard e da chegada da variante mais familiar, o Tiguan Allspace, com sete lugares, é aguardada agora uma declinação mais atlética, partindo da mesma base. Segundo a Auto Plus, a versão coupé deverá manter  mesmo comprimento (4,42 metros), mas em contrapartida deverá ostentar uma traseira mais inclinada e uma menor superfície lateral de vidros. Dito de outro modo, uma proposta com um estilo mais desportivo, mas com menor habitabilidade. E mais cara: cerca de 1.500€, acrescenta a publicação gaulesa.

A mesma fonte adianta que, em termos de estilo, é provável que esta nova declinação do Tiguan se aproxime dos protótipos Cross Coupé ou Atlas Cross Sport Concept. Mas se isso é válido para o exterior, o mesmo não é expectável que aconteça com o interior, que deverá sofrer poucas alterações face ao convencional, salvo se adoptar um nível de acabamento tipo R-Line, para enfatizar o carácter mais desportivo.