Rádio Observador

MINI

Ganhámos à Alemanha e Holanda. E vamos ser invadidos por Mini

745

Arranca amanhã o 40º Encontro Internacional Mini, evento que se estreia em Portugal. Mais de 1.100 Mini e cerca de 2.000 participantes, vindos de 30 países, vão invadir as praias de Mira e Vagueira.

O sonho nasceu em 2003, ano em que os primeiros portugueses aficionados da Mini marcaram presença no International Mini Meeting (IMM), naquele ano realizado em Itália. E continuou a ser alimentado, edição após edição deste evento nascido em 1978, na Alemanha, com o intuito de juntar anualmente, em destinos diferentes, proprietários e entusiastas do pequeno carro criado pela British Motor Company, em 1950. Até que, em 2016, Portugal apresentou formalmente uma candidatura. E o sonho tornou-se realidade:

A candidatura portuguesa ganhou à Alemanha e à Holanda e, desde então, não temos parado de trabalhar para preparar este encontro”, relata ao Observador Paulo Carvalho, presidente da Associação Clube Mini da Serra da Estrela e um dos rostos por detrás do primeiro IMM em solo luso.

Ao que diz, a escolha de Mira como base para o evento em muito contribuiu para que a decisão pendesse a favor de Portugal. “São os presidentes dos clubes Mini que, em cada um destes encontros, se reúnem em assembleia e votam para efectuar a escolha”, explica Paulo Carvalho, adiantando que o facto de o evento ter lugar “numa praia, com todas as condições e parque de campismo” terá sido do agrado dos representantes dos diferentes clubes Mini espalhados por esse mundo fora.

A praia de Mira é central no maior encontro mundial de proprietários de Mini

De acordo com o presidente da Associação Clube Mini da Serra da Estrela, “as fantásticas condições meteorológicas do nosso país levaram a que muitos dos participantes se deslocassem, antes mesmo de o encontro arrancar oficialmente”. O que acontece às 12h00 de amanhã, mas tal não impediu que os parques de campismo nas imediações não estejam já “à pinha”.

O retorno vai ser espectacular”, antecipa Paulo Carvalho, garantindo que “todos os hotéis na zona têm uma taxa de ocupação de 100% para os dias em que decorre o encontro”.

De 17 a 21 de Maio, parece que todos os caminhos – pelo menos, para os fãs da Mini – vão dar a Mira. São aguardados mais de 1.100 automóveis  do construtor britânico, dos mais antigos aos mais recentes, com a organização a confirmar ao Observador que haverá um total de participantes a rondar os dois milhares. Cidadãos provenientes de 30 países – de toda a Europa, passando pelos Estados Unidos, Japão e Uruguai – terão por estes dias oportunidade de desfrutar as paisagens e a arte de receber dos portugueses. Os parques de campismo da Vagueira e de Mira serão os pontos centrais do encontro, cujo programa inclui passeios turísticos, concursos individuais e competições entre clubes.

Na praia de Mira, a BMW montou uma estrutura de apoio que inclui oficinas e que tem como principal atracção o Mini John Cooper Works Buggy que correu no Paris-Dakar.

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: scarvalho@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)