Kim Kardashian recebeu, na segunda-feira, o Prémio Influência nos CFDA Fashion Awards, em Nova Iorque. O discurso da socialite norte-americana ficou marcado por uma frase que disse em tom de brincadeira. A mulher de Kanye West disse estar surpreendida pela atribuição do prémio, já que está “nua a maior parte das vezes”.

A influencer norte-americana, que conta com mais de 112 milhões de seguidores na página de Instagram, contou com a presença das irmãs Kourtney Kardashian e Kendall Jenner, e apostou num conjunto sóbrio em tons de creme, do designer de moda Rick Owens.

Estou surpreendida por vencer um prémio de moda quando estou nua a maior parte das vezes”, disse Kim Kardashian, de 37 anos, mostrando algum sentido de humor, e acrescentou: “Mas é uma grande honra, por isso obrigada à CFDA por este prémio”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Durante o discurso, mas já em tom mais sério, contou que, há cerca de sete anos, a sua relações públicas lhe perguntou quais eram os seus objetivos. Kim respondeu que queria estar na capa de uma revista de moda e ouviu uma frase marcante: “Vamos ter alguns objetivos realistas, porque isso nunca vai acontecer“. Anos depois, quando fez a capa da Vogue enviou a essa mesma pessoa uma “cópia autografada”. Quanto ao prémio, concluiu dizendo “Significa muito” — na verdade, tem um sabor especial, tendo em conta o episódio que relembrou.

O galardão arrecadado por Kardashian foi, contudo, polémico entre alguns especialistas do mundo da moda. A empresária de moda Kelly Cutrone foi uma dessas vozes críticas. “Nunca me levantei de manhã a perguntar-me: ‘O que estará a fazer Kim Kardashian e como afetará a minha indústria?”. Também o estilista Jeffrey Banks reagiu à atribuição do prémio. “Aconteceu o mesmo que na Met Gala. Antes, tinha que ver com a sociedade, com a moda, com os designers de Nova Iorque e agora há pessoas que não têm nada que ver com moda e que se passeiam pela passadeira vermelha. É um tempo louco”.

O El País escreve que o prémio “foi justificado” porque a CFDA “quer abordar um público jovem que segue a moda de uma forma muito diferente de há alguns anos”. Para além de Kim Kardashian, foram premiados Naomi Campbell (Prémio de Moda), Raf Simons (Prémio de Melhor Estilista do Ano, pelo trabalho na Gucci) e as irmãs Mary-Kate e Ashley Olsen pela linha de acessórios que criaram.