Os preços na produção industrial aceleraram em maio, aumentando 3,1% face ao mesmo mês de 2017, divulgou o Instituto Nacional de Estatística (INE). No mês anterior, a subida observada tinha sido de 1,4%,

A aceleração do índice agregado foi determinada pela evolução do agrupamento de Energia, que passou de uma subida homóloga de 1,9% em abril para 9,8% em maio, refere.

Excluindo este agrupamento, esta variação fixou-se em 1,5% (aumento de 1,3% em abril). A variação mensal foi 1,4% (-0,2% em igual mês de 2017).