Estados Unidos da América

EUA. Bebé de cinco meses sobrevive nove horas parcialmente enterrado nas montanhas

Um bebé de cinco meses sobreviveu durante pelo menos nove horas parcialmente enterrado numa zona montanhosa em Montana, nos Estados Unidos.

O suspeito, Francis Carlton Crowley (imagem do Missoula County retirada da CNN)

Um bebé de cinco meses sobreviveu durante pelo menos nove horas parcialmente enterrado numa zona montanhosa em Montana, nos Estados Unidos. A criança foi entregue aos serviços de proteção de menores.

A criança foi encontrada pelas autoridades depois de cerca de seis horas de buscas. Segundo um comunicado citado pela CNN, um agente terá seguido um “choro fraco” e encontrou o bebé vivo, de barriga para baixo e parcialmente enterrado por baixo de paus e detritos. O menor sofreu apenas arranhões e hematomas de pouca gravidade.

A criança estava a cargo de Francis Carlton Crowley, um homem de 32 anos. O alerta foi dado quando testemunhas denunciaram às autoridades o comportamento errático do homem. Crowley terá ameaçado as pessoas no local e afirmado que tinha consigo uma arma.

As autoridade já não o encontraram quando chegarem ao local. As buscas foram iniciadas quando a polícia foi informada de que o bebé que não era visto há várias horas.

Crowley foi detido horas mais tarde quando regressou ao local. As autoridades suspeitam que estava sob a influência de narcóticos, porque apresentava um discurso pouco coerente. O suspeito foi posteriormente identificado como um fugitivo do estado do Oregon. Francis estava em liberdade condicional depois de cumprir pena de prisão por várias acusações de roubo.

O sujeito está acusado de negligência e será presente a tribunal esta terça-feira.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: [email protected]
Crónica

O melhor país do mundo /premium

Alberto Gonçalves
165

Os poucos que assistem à farsa com o horror que esta merece aproveitam para se despedir do melhor país do mundo a fingir que não é uma vergonha, nas mãos de criaturas que não têm nenhuma.

História

In memoriam de Franco Nogueira /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

“Um homem livre, recto e determinado que lutou, com paixão, pelas suas convicções e pelas suas ideias, (…) para recuperar o espírito que fez a grandeza de Portugal”.

História

In memoriam de Franco Nogueira /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada

“Um homem livre, recto e determinado que lutou, com paixão, pelas suas convicções e pelas suas ideias, (…) para recuperar o espírito que fez a grandeza de Portugal”.

Justiça

Extinguir o Tribunal Central de Instrução Criminal

João Miguel Barros

Escrever que a extinção do TCIC dá um sinal errado à opinião pública porque este foi o “tribunal que mandou prender Sócrates” é não compreender a essência do que é um Tribunal de Instrução Criminal.

Lisboa

Portagens e transporte público

Luís Campos e Cunha

Tal como em outras cidades, deveria existir uma portagem a todos os carros que entram em Lisboa. Se vêm de Sintra ou da Amadora, não importa, são viaturas que utilizam os equipamentos da cidade.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)