A fotografia correu mundo depois de França ter vencido o Mundial 2018 frente à Croácia, no domingo. Não foi Mbappé, Deschamps, nem mesmo o troféu que levaram para casa. A imagem da qual estamos a falar é mesmo de Emmanuel Macron. De braços no ar, fervoroso e, acima de tudo, feliz, o presidente francês não se conteve na tribuna presidencial e os festejos acabaram por dar origem a uma das fotos que fez capas de jornais um pouco por todo mundo e que encheu as redes sociais de memes.

Após o primeiro golo, Macron despiu o casaco, cerrou os punhos e comemorou o resultado que começava a ganhar forma. O momento foi captado e ganhou ainda mais dimensão por se tratar do presidente francês num estado a que não estamos a habituado a vê-lo. Mas quem foi, afinal, o protagonista deste retrato inesperado? Chama-se Alexei Nikolsky e é fotógrafo da agência de notícias russa Sputnik, um meio de comunicação que segue o Kremlin de perto, razão pela qual estava no sítio certo à hora certa. As fotos às quais costuma dar forma são as de Vladimir Putin — sim, aquelas em que ele aparece mais descontraído e até de forma caricata, como a pescar ou em tronco nu –, mas desta vez o alvo foi outro.

O fotógrafo estava a assistir ao Mundial na tribuna presidencial precisamente para captar os momentos de Putin, que estava “em casa” a assistir à final do campeonato de futebol. Junto a eles encontravam-se também a primeira-dama francesa, Brigitte Macron, o presidente da FIFA, Gianni Infantino, e a presidente croata, Kolinda Grabar-Kitarović, que, aliás, se destacava com a t-shirt da seleção croata.

Inicialmente ainda se pensou que o momento tinha sido captado por um jornalista da France Press, mas não podia ser verdade, até porque Nikolsky era o único fotógrafo autorizado a aventurar-se com a sua câmara na tribuna presidencial. Aliás, à rádio francesa Europe 1, a AFP disse mesmo: “A imagem é muito boa, mas é um caso extremamente clássico (…) e só o é [boa] porque havia apenas um fotógrafo [na tribuna] e, portanto, há apenas um olhar”.

Se não ficou conhecido pelas imagens divertidas que capta do presidente russo, Alexei Nikolsky conseguiu-o no Mundial 2018 ao mostrar ao mundo a forma entusiasta com que Macron festejou. Em maio de 2017, o presidente francês criticou o portal russo de notícias dizendo que era uma “ferramenta de influência e propaganda” e chegou mesmo a dizer: “Para mim, isto não são jornalistas”. Irónico ou não, foi mesmo um jornalista da agência de notícias Sputnik que captou uma das suas mais famosas fotografias.