Presidente Trump

Separação de famílias imigrantes é “dos piores momentos” de Trump

Ivanka Trump, filha do presidente norte-americano, considerou a política de separação de famílias de migrantes como "um dos piores momentos" que viveu.

MICHAEL REYNOLDS/EPA

A filha do Presidente norte-americano, Ivanka Trump, demarcou-se esta quinta-feira das políticas do pai relativas à separação de famílias de migrantes clandestinos nos Estados Unidos, classificando-as como “um dos piores momentos” que viveu na presidência Trump.

Tenho uma opinião sobre isso e sou fortemente contra a separação de famílias e a separação de pais e filhos”, declarou a também conselheira da Casa Branca, numa conferência em Washington, adiantou a agência noticiosa AFP.

Ivanka acrescentou que “é um dos piores momentos”, na sua opinião, desde que teve início a administração Trump, em janeiro de 2017.

“A imigração é um tema extraordinariamente complexo, a imigração ilegal é extraordinariamente complicada”, disse Ivanka Trump, que lembrou que é filha de uma imigrante, que tem origem na antiga Checoslováquia.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)