Raramente (para não dizer nunca) um fabricante investe o que quer que seja a promover os veículos da concorrência. Mas na mais recente campanha da Volkswagen, específica para o mercado americano e destinada a promover os veículos eléctricos, o fabricante alemão tem como estrela, curiosamente, um Chevrolet Bolt.

O anúncio denominado JetStones, destina-se segundo a Electrify America, a chamar a atenção para as vantagens dos veículos eléctricos, bem como para o crescente número de postos de carga a serem disponibilizados nas principais áreas metropolitanas e vias principais. A Electrify America reconhece que o anúncio tem o Bolt como protagonista, idêntico ao Opel Ampera-E e o segundo mais vendido nos EUA (depois do Model 3 da Tesla), mas recorda que o objectivo era ter uma mensagem neutra em termos de marca. Por isso mesmo, é também possível ver no vídeo o BMW i3, Nissan Leaf, Honda Clarity, Hyundai Ioniq e o VW e-Golf.

A Electrify America é uma empresa pertença da delegação norte-americana do Grupo VW, criada no rescaldo do Dieselgate, para promover a passagem aos veículos eléctricos e incentivar à sua utilização pelos condutores norte-americanos. Não necessariamente modelos das marcas do grupo alemão, mas dos veículos eléctricos em geral. Paralelamente, a Electrify America pretende instalar milhares de postos de carga pelos EUA, missão para a qual conta com a dotação de 2 mil milhões de dólares por parte do grupo alemão.

Curiosamente, no anúncio não aparece um único Tesla, e logo esta que é a marca mais vendida nos EUA. Aparentemente, o Grupo VW não quis promover a concorrência, uma vez que os veículos da marca americana vão concorrer directamente com os modelos eléctricos da Audi, da Porsche e da própria VW.