315kWh poupados com o
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo MEO

Veja as melhores ofertas de telecomunicações aqui.

Morreu Rachael Bland, a jornalista da BBC que há dois dias se despediu nas redes sociais

Este artigo tem mais de 3 anos

A jornalista da BBC tinha anunciado esta segunda-feira que tinha poucos dias de vida e despediu-se nas redes sociais. Rachael Bland morreu esta quarta-feira, vítima de cancro da mama.

i

Big C. Little Me/Facebook

Big C. Little Me/Facebook

“Nas palavras do lendário Frank Sinatra: receio que o meu tempo chegou, meus amigos”. Foi assim que, há dois dias, Rachael Bland, anunciou nas redes sociais que teria pouco tempo de vida, devido a um cancro da mama que lhe foi diagnosticado em novembro de 2016. Durante a manhã desta quarta feira, a família e a BBC deram a notícia da morte da jornalista.

“A nossa valente, maravilhosa e corajosa Rachael morreu esta manhã, rodeada pela família mais próxima. Estamos de coração partido e o vazio que ela deixa na nossa pequena e perfeita família nunca será preenchido”, lê-se numa publicação do Facebook, assinada pelo marido de Rachael, Steve, e pelo filho, Freddie.

Os dois agradeceram a todos os que nos últimos dois anos lhes enviaram mensagens de apoio: “Nunca saberão o quão importantes foram essas mensagens para ela e para nós”, acrescentaram.

Também a BBC Radio 5, onde Rachael era repórter, escreveu uma mensagem no Twitter sobre a morte da jornalista de 40 anos. “Ela inspirou muita gente com os seus blogues, o podcast e certamente colocou o “can” [em português “consigo”] no cancro”.

Este verão, os médicos disseram a Rachael que o cancro que tinha era incurável e que teria menos de um ano de vida. “O meu marido e eu ficamos arrasados, estamos quase paralisados por recebermos más notícias”, confessou ao The Telegraph.

Depois de ter feito a publicação a anunciar que teria poucos dias de vida, foram milhares as mensagens de solidariedade que chegaram à sua página. No seu blog, Big C. Little M. Putting the Can in Cancer, a jornalista contou a história da luta contra o cancro e publicava, com frequência, as fases do tratamento a que estava a ser submetida.

podcast que tinha na BBC Radio5 Live, juntamente com Deborah James, que luta contra um cancro do intestino, e Lauren Mahon, uma sobrevivente do cancro da mama, permitia também a Rachael partilhar a sua experiência e histórias desde que lhe foi diagnosticada a doença. O podcast vai continuar.

A jornalista dedicou também o último capítulo do livro que começou a escrever ao seu filho. “Será uma mensagem final para Freddie, o que será difícil. Eu quero que ele saiba que pode ser e fazer o que quiser e eu ficarei orgulhosa dele”, referiu numa entrevista ao The Sun.

A página está a demorar muito tempo.