Comida

Quem é o “Sr. Periquita”

585

Francisco Soares Franco faz parte da sétima geração da José Maria da Fonseca e é com orgulho que fala do momento em que sentiu que o Periquita era a sua casa.

EDUARDO SOUSA RIBEIRO

“Um dia, o administrador do Banco de Investimento onde trabalhava chegou à sala e disse-me que ia para o Brasil. Aceitei o desafio na hora. Nos dois dias seguintes preparou-se a minha ida e fui. Duas semanas depois de estar no Rio de Janeiro,  convidaram-me para jantar em casa de uns colegas brasileiros. Quando lá cheguei, acompanhado de duas pessoas que conhecia de Lisboa, fiquei espantado quando vi que o vinho que estava na mesa era o Periquita. Não tinha noção da força que a marca tinha. Os meus amigos de Lisboa disseram logo que aquela era a marca que a minha família produzia. É claro que, a partir daquele momento passei a ser chamado de “Senhor Periquita”. Foi muito engraçado perceber que toda a gente sabia o que era o Periquita e que já o tinha provado. É sentir um bocadinho da presença da nossa casa, mas no outro lado do mundo. Como chegar a um restaurante ao Rio de Janeiro e ver as prateleiras cheias do nosso vinho… Isso enche-nos de orgulho.

Desde cedo que, na nossa família, aprendemos a pensar na empresa. O meu avô chamava-nos para as reuniões e pôs-nos, primeiro, a montar as caixas do queijo e depois, aos 15 ou 16 anos, começámos a participar nas vindimas. Fiz isso até entrar na universidade, até porque houve sempre uma preocupação das gerações mais velhas em passar-nos este “bichinho” e deixar-nos explorar todos os cantos da casa. Isso também fez com que, quando entrei na empresa, já conhecesse todos os colaboradores.

Quando comecei a escolher o meu percurso profissional, foi sempre a pensar no que poderia trazer de valor acrescentado para a José Maria da Fonseca. Tirei um curso de Gestão e Administração de Empresas na Universidade Católica e comecei por trabalhar num Banco de investimento, onde fiquei dois anos. Entretanto, mudei-me para outro banco de investimento onde estive a trabalhar no departamento de reestruturação de empresas, em Portugal e Espanha. Fiz um Master em Finance e estive no tal projeto no Brasil. Em abril de 2012, achámos que estava na altura de me juntar à família.

Faz sentido começarmos por “ir para fora”, aprender a trabalhar com um determinado ritmo e agressividade e receber know-how de outras pessoas para, quando aqui chegar, passar esse conhecimento e beneficiar ao máximo este projeto que é de todos nós.

Neste momento, sou administrador e responsável direto pela área operacional. E dou apoio ao que for preciso. Somos poucos, mas unidos, e ajudamo-nos uns aos outros. É claro que, pelo facto do meu pai ser Domingos Soares Franco, o enólogo da casa, e eu ser gestor, faz com que as decisões nem sempre sejam lineares. Mas o amor ao vinho resolve todas as diferenças. Nós temos consciência de que isto não é um ativo, mas um projeto de família para passar para as gerações seguintes.”

*Esta é a terceira de cinco crónicas que contam, na primeira pessoa, histórias inéditas de um vinho Periquita que já existia antes de tudo

Descubra mais em https://observador.pt/seccao/periquita/

Conteúdo produzido pelo Observador Lab. Para saber mais, clique aqui.
Partilhe
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: [email protected]
Cancro

Ficção e realidade

João de Bragança
112

Neste Setembro Dourado para a comunidade que lida com o cancro infantil é tempo de contar histórias reais para alertar quem decide, quem não sabe o suficiente, para que também a realidade faça sentido

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)