Fazer scroll pelo Facebook implica encontrar de tudo: partilhas importantes, reações de “adoro” ou “tristeza” a alguma publicação, comentários de amigos a publicações de marcas diferentes e até aqueles que se mantêm em silêncio, mas que estão atentos a tudo.

Foi a pensar em todos estes utilizadores e nas marcas que os querem conhecer, que a PSE – Produtos e Serviços de Estatística quis entrar no mundo desta rede social em Portugal e tentar identificar os 20 perfis mais comuns, através do estudo “Personalidades digitais no Facebook 2018”.

A empresa portuguesa, que se dedica há quase 25 anos à área analítica e big data em várias áreas de negócio, decidiu “ouvir as conversas dos portugueses no Facebook ao longo de um ano”. No total, foi analisada a atividade de 670 mil seguidores de mais de 300 marcas dedicadas a oito setores de atividade (automóvel, banca, media, retalho, saúde, seguros, transportes e turismo) e mais de um milhão e meio de comentários.

Com este estudo, explica a PSE, as empresas poderão “conhecer como é que a sua marca e a dos seus concorrentes são percecionadas pelos utilizadores do Facebook” e, ao mesmo tempo, perceber que tipo de comunicação deve ser feita, dependendo do tipo de utilizadores que têm na sua página.

Para o estudo foi retirada a informação sobre o perfil dos visitantes em cada horário, a interação destes visitantes, que sentimentos demonstram, o que falam nos comentários e de que forma podem exercer algum tipo de influência.

As 20 personalidades mais comuns no Facebook:

  • Influencer: é o influenciador, aquele utilizador que faz muitas publicações e comentários e, ao mesmo tempo, recebe várias reações dos utilizadores;
  • Voyeur: o utilizador que interage muito no Facebook e comenta páginas de diversas áreas;
  • Informer: é o informador, aquela pessoa que sabe um pouco de tudo, alguém que escreve muitos comentários em páginas diferentes;
  • Cool & Happy: para este utilizador não há dias maus na Internet e há sempre um comentário positivo a fazer;
  • Hater: o oposto do utilizador anterior. O hater é um internauta que nunca é positivo nas suas interações com as marcas e está sempre descontente;
  • Sleepless: dormir? nem por isso. A madrugada é a altura ideal para estes utilizadores interagirem com as marcas;
  • Brand Lover: o tipo de utilizador que gosta tanto de uma marca que comenta várias publicações dela e os comentários são todos positivos;
  • Insight Seeker: gosta de procurar e consultar opiniões no Facebook sobre uma determinada marca e área? Então é um Insight Seeker.
  • Digital Customer: o utilizador que se interessa por várias marcas, especialmente as que investem muito numa ótica digital;
  • Motorhead: comenta, coloca “gosto” e partilha publicações relacionadas com automóveis e motas;
  • Adventurer: automóveis e viagens são os grandes temas presentes no Facebook destes utilizadores com espírito aventureiro;
  • Fast: atento e (muito) rápido. Este tipo de utilizadores comenta muitas vezes as publicações de diversos setores de atividade e num curto espaço de tempo;
  • Bargain Hunter: procurar, procurar, procurar. Um Bargain Hunter está sempre à procura de promoções e passatempos na rede social. São vistos, na maior parte das vezes, no setor do retalho.
  • Travelers: os amantes de viagens que procuram opiniões e novidades sobre esta área e ainda dão a sua opinião, recebendo muitos comentários como respostas.
  • Life Styler: utilizadores que têm especial interesse em páginas que se dedicam a temas de sociedade e também na área da saúde;
  • Loyal Participant: aquela marca e só aquela marca. Estes utilizadores apenas comentam, em grande quantidade, as publicações da sua marca preferida;
  • Observer: o observador, aquele utilizador que parece que nunca abre a rede social, raramente faz comentários ou partilhas, mas está atento a tudo.
  • Industry Follower: os internautas que apenas comentam nas páginas das marcas de uma determinada indústria.