Nacional da Madeira

Treinador do Nacional pede “ambição” aos jogadores na visita ao Tondela

O treinador do Nacional, Costinha, disse que a sua equipa irá jogar "com ambição", na visita de sexta-feira ao Tondela, na sétima jornada da I Liga de futebol.

JOSÉ COELHO/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O treinador do Nacional, Costinha, disse que a sua equipa irá jogar “com ambição”, na visita de sexta-feira ao Tondela, na sétima jornada da I Liga de futebol.

“Vamos a Tondela com um espírito de reconquista, sabendo que teremos pela frente uma equipa extremamente bem organizada e que percebe bem os momentos do jogo, por isso, para conseguirmos um bom resultado, teremos de ser organizados, cautelosos, mas também ambiciosos e inteligentes, fazendo bem aquilo que coletivamente sabemos fazer”, adiantou, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo.

Sobre o facto de os madeirenses ainda não terem pontuado em casa, Costinha tem uma explicação.

“Não é uma questão de ficarmos mais leves quando jogamos fora de casa, mas é diferente, acabamos por encontrar o caminho da baliza adversária, algo que também fazemos em casa, excetuando o jogo com o Benfica [derrota por 4-0]. Se contarem as oportunidades que perdemos na ‘cara’ do guarda-redes, em momentos chave dos jogos, poderão ver a ineficácia que apresentamos”, referiu.

Relativamente ao modo de jogar da equipa, Costinha diz não ter de alterar nada, mas que os jogadores se têm de adaptar ao modo como a equipa joga.

“Não se consegue mudar do dia para a noite a forma de jogar de um futebolista, porque se ele jogou cinco ou seis anos a não ter a bola, não é apenas em três ou quatro meses que se vai adaptar a tê-la, até porque os jogadores crescem a jogar e não a treinar e é nessa função que a minha equipa irá crescer, como aconteceu na época passada, na II Liga”, adiantou o treinador dos ‘lvinegros’.

Para a deslocação a Tondela, Costinha não deverá poder contar novamente com o habitual titular da baliza, Daniel Guimarães, cujo nome consta no boletim clínico do clube, devendo a escolha recair, uma vez mais no jovem guarda-redes brasileiro Lucas França, que se estreou na sexta jornada, em casa, na derrota (3-0) frente ao Santa Clara

O Nacional, 18.º classificado, com quatro pontos, visita na tarde (15:30) de sexta-feira o Tondela 13.º com cinco, em jogo da sétima jornada da I Liga de futebol.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)