Já era do conhecimento geral que a Audi iria apresentar uma berlina desportiva no salão automóvel californiano, contudo não se sabia até que ponto esta era ousada o suficiente para até poder fazer tremer o Porsche Taycan, de quem herda toda a componente mecânica, eléctrica, é claro.

Denominado e-tron GT, este Audi assume-se como uma berlina Gran Turismo, ou seja, desportivo mas sem deixar de garantir os necessários níveis de conforto e espaço interior. Semelhante pois ao Panamera e, por consequência, ao Taycan. Na gama de veículos eléctricos alimentados por bateria, que a Audi tem em adiantada fase de preparação, o e-tron GT surge depois do SUV e-tron e do e-tron Sportback que vai aparecer em 2019, com os três modelos a assumirem-se como os pontas-de-lança da ofensiva eléctrica que está em preparação. Estes três estarão à venda até final de 2020, para nos cinco anos seguintes surgirem mais nove, alguns deles mais pequenos e acessíveis.

6 fotos

Visando concorrer com o Tesla Model S e o Taycan, o e-tron GT possui um comprimento total de 4,96 metros (ligeiramente menos do que o modelo americano, mas mais do que o alemão), um habitáculo generoso e uma bagageira de 450 litros, a que é necessário juntar os 100 litros que vai igualmente disponibilizar sob o capot da frente, onde desta vez não está um motor a gasolina nem diesel.

Para mover o e-tron GT, a Audi preparou um pack de baterias “com mais de 90 kWh” de capacidade, potencialmente a mesma que equipa o SUV e-tron (95 kWh). Destina-se a alimentar os dois motores eléctricos, um em cada eixo, que em conjunto debitam 590 cv, concedendo a simpatia de ficar a apenas 10 cv do que o Taycan.

9 fotos

Com uma velocidade máxima limitada a 240 km/h, o e-tron GT atinge os 100 km/h em apenas 3,5 segundos, como o Porsche, e consegue uma autonomia de 400 km em WLTP. O sistema eléctrico funciona obviamente a 800V, à semelhança do Taycan, o que assegura recargas mais rápidas quando ligado a carregadores mais potentes, garantindo 80% da capacidade da bateria em somente 20 minutos. Ou mais, se o condutor optar por uma carga wireless, limitada para já a 11 kW.

6 fotos

Mas a grande vantagem do e-tron GT, que ainda é um protótipo, mas não deverá conhecer grandes alterações até iniciar o período de vendas em 2020, é a elegância das suas linhas e o requinte do seu habitáculo. Ao melhor estilo da Audi, o e-tron GT oferece excelentes materiais e espaço para quatro adultos, com boa altura interior, indiferenciável do que é proposto pelas melhores berlinas a gasolina ou diesel. E é aqui que pode residir o grande trunfo desta berlina desportiva eléctrica.