Futebol

Pepa acredita que jogo frente ao Sporting de Braga “vai ser de arregalar o olho”

O treinador do Tondela elogiou o adversário, classificando-o de "muito forte" e com "muitas virtudes, muita qualidade e poucas debilidades", mas acredita que jogo "vai ser de arregalar o olho".

Pepa, o treinador do Tondela

Jose Coelho/LUSA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

O treinador do Tondela, Pepa, disse esta sexta-feira que a receção ao Sporting de Braga, no sábado, em jogo da 12.ª jornada da I Liga de futebol, “vai ser de arregalar o olho”.

“A verdade é que os últimos jogos do Tondela têm sido com muitos golos, têm sido emotivos e, mais uma vez amanhã (sábado), acredito, vai ser um jogo de arregalar o olho, tenho essa esperança e é com esse intuito que vamos lá para dentro, mas arregalar o olho que seja para nós, para ficarmos com os três pontos”, assumiu Pepa.

Em conferência de imprensa de antevisão ao jogo, agendado para as 18h00 de sábado, no Estádio João Cardoso, em Tondela, o técnico não poupou elogios ao adversário, classificando-o de “muito forte” e com “muitas virtudes, muita qualidade e poucas debilidades”. E é nas debilidades que Pepa está focado, reconhecendo que tem de “analisá-las bem, identificá-las e conseguir tirar proveito delas”, para conseguir a vitória em casa e conquistar três pontos.

Pepa esclareceu que às vezes identifica as equipas como tendo um “jogo exterior forte, ou interior forte, ou muito bom em posse ou em profundidade”, mas, no que diz respeito ao Sporting de Braga, assumiu que “o Abel (Ferreira) está de parabéns, porque tem conseguido criar uma variabilidade de opções e de forma de jogar que é muito difícil de contrariar”.

O treinador auriverde lembrou que não é a primeira vez que tem o Sporting de Braga como adversário, recordando a primeira jornada da Taça da Liga, em 15 de setembro, no Estádio Municipal de Braga, onde o Tondela perdeu por 2-1, e também por isso sabe que vai ser “daqueles jogos que dá um gozo especial”.

“Porque é muito difícil de anular e isso também nos obriga ao melhor de nós, o melhor Tondela, e quando digo o melhor Tondela é o Tondela que esteve aqui (no Estádio João Cardoso) até à expulsão no jogo com o Benfica, no jogo com o Feirense, a segunda parte em Portimão”, disse.

Neste sentido, o técnico defendeu que a equipa — em vantagem — tem de “procurar rapidamente o segundo golo, porque há tempo para jogar”, mas também alertou para a necessidade de “estar preparada para a adversidade e não só para as coisas boas”.

“Também não podemos entrar em desespero se as coisas não entrarem bem ou se as coisas não começarem bem para nós”, acrescentou Pepa, que disse que a equipa “não pode ter problemas em saber que o (Sporting de) Braga vai conseguir ter mais bola” e por isso a “organização e rigor são fundamentais”.

O Tondela, 15.º classificado com nove pontos, recebe o Sporting de Braga, terceiro com 24, no sábado, a partir das 18h00, no Estádio João Cardoso, em Tondela, em jogo da 12.ª jornada da I Liga.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)