O nadador Miguel Nascimento sagrou-se este sábado campeão nacional dos 50 metros livres, com recorde de Portugal, durante os campeonatos nacionais que decorrem em Felgueiras, enquanto o Sporting estabeleceu dois máximos em estafetas.

Miguel Nascimento, do Benfica, nadou em 21,60 segundos, juntando assim o recorde dos 50 metros aos de 100, 200 e 400 metros, em piscina de 50 metros, e 800 livres em piscina de 25 metros.

O anterior recorde nacional absoluto dos 50 livres, fixado em 21,64, pertencia a Alexandre Agostinho desde 20 de dezembro de 2009.

“Os 50 metros não são a distância onde tenho o meu foco, mas tenho uma costela de velocista que me permite abordar estas provas com alguma ambição. Depois do recorde dos 100 livres no Mundial, tinha na mira e bati aqui o dos 50 livres. Saiu muito bem fico muito contente e motiva-me para continuar uma época que está a ser fantástica. Tenho de me focar nos grandes objetivos que passam pelos Jogos de 2020”, disse o nadador à assessoria de imprensa da federação de natação.

O Sporting bateu o recorde nacional dos 4×50 estilos masculinos, fixado agora em 1.38,33 minutos, pelo quarteto composto por Francisco Santos, Alexis Santos, Igor Mogne e Diogo Dantas.

Na final da prova, o Benfica foi segundo (1.38.60) e o FC Porto terceiro (1.41,34).

Os ‘leões’ conseguiram também novo recorde absoluto nos 4×200 metros livres, 7.10,67 minutos, com Tiago Costa, Igor Mogne, Francisco Santos e Alexis Santos — melhoraram o anterior recorde (7.15.07) do Clube Natação da Amadora.