Televisão

Jornalista Alberta Marques Fernandes pede telefonema a Marcelo após conversa com Cristina Ferreira

4.348

A jornalista da RTP3 Alberta Marques Fernandes pediu um telefonema do presidente da República. "Também mereço", escreveu no Facebook. Marcelo ligou esta 2ª feira para o programa de Cristina Ferreira.

Alberta Marques Fernandes

A jornalista Alberta Marques Fernandes, pivô da RTP3, publicou uma fotografia na rede social Facebook a pedir um telefonema a Marcelo Rebelo de Sousa. “Professor, ligue-me . Pode ser às 12h, às 14h ou às 15h para a RTP3. Também mereço”, escreveu ela na imagem em que surge com a mão em cima do auscultador de um telefone fixo.

Professor ligue -me . Pode ser às 12 às 14 ou às 15 para a RTP3. Também mereço ????

Posted by Alberta Marques Fernandes on Monday, January 7, 2019

A mensagem de Alberta Marques Fernandes foi publicada pouco depois de o Presidente da República ter ligado a Cristina Ferreira para lhe desejar sorte na estreia do novo programa da manhã da SIC. “Interrompi aqui uma reunião que tinha. Acabei uma e ia começar outra e espreitei para ver o seu primeiro programa. Como, ao longo da vida, várias vezes, estive consigo quando arrancou com novas fases da sua vida (…), queria desejar-lhe felicidades”, disse o Presidente.

O Presidente referia-se à conversa que Cristina Ferreira conduziu com Marcelo Rebelo de Sousa, ainda antes de ser candidato à liderança de Portugal, no número inaugural da revista Cristina. Três anos depois, Marcelo voltou a falar com a nova apresentadora da SIC, desta vez por telefone e na qualidade de Presidente da República, para lhe elogiar o trabalho: “Gosto muito de ver o seu programa”.

E Cristina respondeu na mesma moeda: “Queria agradecer-lhe por ser meu Presidente, por ser Presidente de todos os portugueses, porque eu acho que a forma como tem feito a sua Presidência tem sido aquilo que nós todos portugueses merecíamos e queríamos. O afeto não é para todos”.

Criticado por ter telefonado a Cristina — há quem diga que o chefe de Estado está assim a assumir uma preferência na luta pelas audiências entre a SIC e a TVI –, Marcelo Rebelo de Sousa explicou à Agência Lusa porque é que o fez: “Eu tenho uma relação de amizade com ela, já dei a primeira entrevista na revista dela. Não indo ao programa nem tendo entrevista com ela, era o mínimo desejar-lhe boa sorte. É o mínimo de equilíbrio”.

Segundo ele, o telefonema foi feito “de improviso” e serviu para dar “paridade” aos dois programas da manhã dos canais generalistas privados. É que Marcelo Rebelo de Sousa tinha cedido uma entrevista a Manuel Luís Goucha na véspera de Natal no programa “Você na TV!”. De acordo com o Público, que cinta “fonte de Belém”, a conversa esta manhã com Cristina Ferreira foi feita para “estabelecer alguma igualdade com o concorrente direto”.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mlferreira@observador.pt
IAVE

Errare humanum est… exceto para o IAVE!

Luís Filipe Santos

É grave tal atitude e incompreensível este silêncio do IAVE. Efetivamente, o que sempre se escreveu nos anos anteriores neste contexto foi o que consta na Informação-Prova de História A para 2018.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)