Transportes

Trotinetes elétricas da Lime passam a poder circular à noite em Lisboa

249

Com o crescimento da empresa, o serviço de trotinetes elétricas foi alargado para a noite. No entanto, a Lime alerta os utilizadores a terem cuidados redobrados na segurança e respeito pelas regras.

A Lime chegou a Lisboa em outubro, com 200 a 400 trotinetes elétricas

Lime

A partir desta terça-feira, as trotinetes elétricas da Lime passam a estar disponíveis em Lisboa durante 24 horas para os utilizadores, o que significa que estes veículos poderão ser utilizadas toda a noite, algo que ainda não acontecia. Em comunicado, a startup norte-americana justifica esta decisão com o crescimento do serviço e o ritmo da capital portuguesa.

Lisboa é uma cidade que tem muita vida durante a noite, com muitos cursos noturnos, eventos de lazer e cultura e até mesmo os reencontros após o trabalho com amigos e familiares. Queremos criar uma solução para os nossos utilizadores que se querem deslocar na cidade de forma rápida, ecológica e divertida durante o período noturno”, explicou Luís Pinto, o diretor de expansão da Lime em Portugal, citado em comunicado.

Em Portugal desde outubro do ano passado, a Lime já registou mais de 53 mil utilizadores em dois meses de operação. Ao todo foram distribuídas entre 200 a 400 trotinetes elétricas por 90 locais da cidade, para que cada pessoa possa utilizá-las para chegar aos transportes públicos, ao trabalho, a casa, ou até mesmo para dar um passeio por Lisboa num veículo alternativo e mais ecológico.

A empresa anunciou ainda que vai reforçar a frota de trotinetes nos locais junto às paragens e estações de transportes públicos (metro e autocarro). “A Lime tem trabalhado em conjunto com a cidade para melhorar constantemente a sua oferta em mobilidade e decidimos, por isso, disponibilizar trotinetes durante esta período, de forma a complementar a oferta de transportes já existente”, acrescentou Luís Pinto.

Com o início do serviço noturno, os Juicers (cidadãos que são pagos para recolher as trotinetes da rua, carregá-las e colocá-las num dos hotspots da cidade) vão também ter mais trabalho, tendo em conta que “este alargamento do horário fará com que haja um maior número de trotinetes para recolher durante o dia”.

No entanto, e com todos os problemas que têm surgido com estes veículos, ter trotinetes a circular à noite também é sinónimo de um cuidado redobrado por parte dos utilizadores em termos de segurança, alerta a Lime. A empresa volta a reforçar a mensagem de segurança e respeito pelas regras da cidade e de condução. “O período noturno exige que os utilizadores tenham cuidado redobrado, devido à pouca visibilidade. Assim, e no seguimento da campanha ‘Respect The Ride’, que lançamos no passado mês de dezembro, alertamos a todos os utilizadores para que se protejam através do uso de capacete e respeitem o trânsito, os peões e os outros condutores”, terminou Luís Pinto.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)