Já se sabia que Carlos Costa era fã de Eleni Foureira, a cantora grega que representou o Chipre na última edição do Festival Eurovisão da Canção — o português gravou até uma versão do tema “Fuego”, que Foureira cantou na Altice Arena, em Lisboa, há perto de um ano. Agora, Costa segue os passos da intérprete grega e está a tentar representar outro país no Festival Eurovisão da Canção — no caso, a Bielorrússia. O português já cantou num programa dedicado a apurar o representante desse país na Eurovisão, como pode ver no vídeo abaixo:

Na sua conta oficial no Instagram, Carlos Costa publicou uma fotografia alusiva ao momento, com a legenda: “Tão grato por isto. Se ficar por esta fase fico feliz à mesma por ter feito amigos tão incríveis e por ter conhecido a cidade”. O cantor colocou ainda várias hashtags referentes a este momento, como #eurovision2019, #belarus, #bielorussia e #audition.

Carlos Costa, que ganhou notoriedade ao participar em 2009 no programa Ídolos, tem vários singles publicados no Youtube, como “Prince (Becoming King)”, “A Carta”, “Survive”, “Just Us”, “Raio de Sol”, “Solidão”, “My Ghetto” e “Tequila”. Também já fez versões de temas de Anitta (“Veneno”), Ariana Grande (“One Last Time”), Rihanna (“Stay”) e Luísa Sobral (“Amar pelos Dois”), entre outros.

O jornal JM Madeira refere que a audição do cantor, já difundida através do Youtube, decorreu nos estúdios da emissora estatal bielorrussa BTRC. Costa foi um dos 113 candidatos a representar o país. Entre eles, contam-se cantores de diferentes origens: além do português, há ainda candidatos oriundos da Rússia, Ucrânia, Cazaquistão, Letónia, Polónia, Roménia, Israel, Suécia, Espanha, Itália, Reino Unido, Estados Unidos, Canadá e Nigéria. Dos 113 candidatos, vão apurar-se dez para a final do concurso bielorrusso.

Salvador Sobral – Amar Pelos Dois – Eurovision 2017(O Salvador é único e adorável… mas amo esta canção e tentei fazer uma brincadeira. Força Salvador!!!)

Posted by CARLOS COSTA on Sunday, April 2, 2017

Em Portugal, a RTP definiu um novo modelo de apuramento do representante português no Festival Eurovisão da Canção, em vigor há dois anos, e que prevê que a larga maioria dos candidatos a representar o país no evento (todos à exceção de dois, apurados através de concurso público) recebam convite direto e personalizado para participar.

A primeira semifinal do Festival da Canção, onde o representante português será selecionado, vai acontecer a 16 de fevereiro, nos estúdios do canal público de televisão, em Lisboa. A segunda está agendada para 23 de fevereiro, com a grande final a acontecer a 2 de março, em Portimão.