A bolsa de Lisboa seguia esta quarta-feira de manhã em ligeira baixa, em linha com as congéneres europeias, com as ações do BCP e da EDP a pressionarem as negociações.

Pelas 08h50, a bolsa de Lisboa seguia com o principal índice a perder 0,20% para 5.153,45 pontos. Dos 18 títulos que compõem o índice, cinco seguiam a subir, nove a descer e quatro inalteradas. A Navigator e a Semapa seguiam a avançar 0,59% e 0,52% para 4,43 euros e 15,46 euros.

Do lado das perdas seguiam os pesos pesados, com o BCP a liderar as descidas, recuando 0,60% para 0,23 euros, seguido da Mota-Engil, que perdia 0,49% para 2,02 euros.

A EDP seguia a recuar 0,41% para 3,16 euros e a Galp e a Jerónimo Martins desvalorizavam-se 0,34% e 0,31% para 14,69 euros e 13,06 euros.

A EDP Renováveis — que divulgou antes da abertura ter fechado o ano passado com um lucro de 313 milhões de euros, mais 14% face ao resultado líquido de 275,9 milhões registado em 2017 — seguia também a perder 0,42% para 8,24 euros.

Lisboa seguia alinhada com as principais congéneres europeias, que arrancaram a sessão desta quarta-feira em terreno negativo, devido a tensões geopolíticas.